Patrimônio Arqueológico - AC

As pesquisas arqueológicas realizadas no Estado do Acre demonstram que a ocupação indígena na região é milenar. No Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos (CNSA), estão 253 sítios arqueológicos cadastrados pelo Iphan. Destes, muitos são considerados raros no mundo visto serem estruturas de terra perfeitamente geométricas que ocupam extensas áreas a maioria delas desmatadas. Tais registros arqueológicos são conhecidos como geoglifos, com predominância de formas quadradas e circularesa. Um grande desafio é a gestão desses sítios, alguns cortados por estradas.

Esses sítios do tipo geoglifo (também conhecidos como sítios com estruturas de terra), devido a sua monumentalidade, excepcionalidade, diversidade morfológica e à sua profusão por um vasto território, cujos significados e funcionalidades ainda são cientificamente desconhecidos. Sua extensão territorial engloba boa parte da Bacia do Alto Rio Purus e avança para os estados do Amazonas e de Rondônia, e para a vizinha Bolívia. Em 2010, o Iphan abriu e iniciou a instrução do processo de tombamento desses sítios em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA). 

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin