CNFCP recebe exposição Mulheres e Mais: A Arte de Milla

Voltar
  • Sobre a Sala do Artista Popular (SAP) | Rio de Janeiro - RJ

    13/04/2018 até 15/04/2018 - 11h00 às 18h00

    Endereço: Rua do Catete, n° 179

    O Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (CNFCP-Iphan), inaugura, na próxima quinta-feira, 8 de março, a exposição “Mulheres e mais: a arte de Milla”, na Sala do Artista Popular (SAP). Ficarão expostas e à venda, até 15 de abril, as obras de Maria Emília de Magalhães Minhava, ou simplesmente Milla, que trabalha com esculturas em cerâmica desde 1997.

    Nascida em Portugal, na cidade do Porto, e tendo vivenciado a realidade de extrema pobreza dos pequenos produtores rurais, em 1968 migrou para o Brasil, acompanhando o pai. Instalaram-se inicialmente em Magé (RJ). Posteriormente, Milla foi para Maricá, onde vive até hoje. Foi lá que “tropeçou com o barro”.

    “A primeira vez que trabalhei com o barro, a sensação que tive é que toda a vida tinha trabalhado”. Assim Milla tomou a argila entre as mãos pela primeira vez e dela gestou um anjo, mesmo desconhecendo as técnicas de manuseio. A partir daí, foi se aprimorando e traçando a identidade própria nos detalhes e temas de suas obras, que têm no feminino uma pedra fundamental de criação.

    “Minhas mulheres são fofas”: é como se refere às figuras femininas cheinhas que, segundo ela, atribuem mais graça à escultura. “Quando faço, elas já saem assim”.  Diz dar preferência a temas de mulheres por causa dos detalhes: “Amo detalhes, e homem não tem tanto detalhe (...) o máximo que faço é menino”.

    Serviço:
    Exposição "Mulheres e Mais: A Arte de Milla"
    Local: Sala do Artista Popular (SAP) - Rua do Catete, n° 179
    Período: 8 de março a 15 de abril de 2018
    Dias e horários: terça a sexta-feira, das 11h às 18h
    sábados, domingos e feriados, das 15h às 18h