retornar

Igreja da Mãe dos Homens (Rio de Janeiro, RJ)


Outros Nomes:Igreja de Nossa Senhora Mãe dos Homens


Descrição:A devoção a Mãe dos Homens, em nossa cidade, era realizada diante de um oratório de pedra, já no século XVII, nas proximidades da Rua da Quitanda e Alfândega. A Irmandade da mesma devoção só se constitui no século XVIII. Erguida a capela, pela provisão de 1752, as obras prosseguiram lentamente, e em 1790 foi concluído o retábulo do altar-mor, obra do Mestre toreuta Inácio Ferreira Pinto, como também as talhas do arco-cruzeiro e do coro. Somente no século seguinte, entre 1854 e 1856, foram executadas as talhas dos dois altares da nave, por Antônio de Pádua e Castro, e, nessa época, refeito o trono do altar-mor. As pinturas das ilhargas da capela são do final do oitocentos. A igreja tem plano octogonal na área correspondente à nave, coberta por abóbada, a capela-mor tem forma retangular. Das duas torres da fachada, somente a do lado direito acha-se concluída e seu coroamento foi realizado por volta de 1803. Na sacristia encontra-se parte do arcaz, com tremidos, que Frei Domingos da Conceição fez para a sacristia do Mosteiro de São Bento.



Endereço: Rua da Alfândega, 58, Centro - Rio de Janeiro - RJ

Livro Histórico
Inscrição:082 Data:15-7-1938
     
Livro de Belas Artes
Inscrição:172 Data:15-7-1938
     
 

Nº Processo:0020-T-38


Observações:O tombamento inclui todo o seu acervo, de acordo com a Resolução do Conselho Consultivo da SPHAN, de 13/08/85, referente ao Processo Administrativo nº 13/85/SPHAN.