retornar

Forte dos Reis Magos (Natal, RN)



Descrição:Construção iniciada em 1598, em taipa, estacada e areia solta. Posteriormente, Francisco de Frias da Mesquita, engenheiro-mor e dirigente das obras de fortificações do Brasil (1603-1634), substitui a taipa por pedra, concluindo as obras em 1628. O desenho da planta, de autoria de Gaspar de Samperes, possuía a forma clássica do forte marítimo: um polígono estrelado, no qual o ângulo reentrante ficava na direção norte. A casa de pólvora com traço primitivo do arquiteto-mor Francisco Farias, se localiza no centro da praça de armas. De forma quadrada e construção em pedra, a casa de pólvora possui vãos em arco pleno pelos lados, escada de dois lances para compartimento superior, com porta de acesso de verga reta e cobertura em cúpula piramidal. Possui cunhais, cornija e pináculo nos cantos e na ponta da cúpula. Entre as muralhas e ao redor da praça das armas, se verifica a existência de construções como a cada de comando, com três pavimentos e dois pavimentos, tendo janelas e portas de vergas e coberturas com caimentos para praça. A construção, em três pavimentos, tem cobertura de quatro águas e escada de pedra. O acesso ao forte é feito por uma passarela ou ponte, da praia ao passadiço e, a partir daí, através de arcada à direita, que sai para um corredor. Possui escada para terrapleno e portão para praça.


Uso Atual:Museu de Artes Populares


Endereço: - Natal - RN

Livro Histórico
Inscrição:256 Data:13-5-1949
     
 

Nº Processo:0394-T-49