retornar

Engenho Vitória: sobrado, capela, crucifixo, senzala e banheiro (Cachoeira, BA)



Descrição:Em 1812 inicia-se a construção do engenho, pelo Com. Pedro Bandeira, abastado negociante e senhor de engenhos da região e um dos introdutores da navegação a vapor na Bahia. O edifício é um dos mais representativos exemplos da casa rural assobradada. O sobrado é desenvolvido em três níveis, segundo planta em "T", originalmente ligado à fábrica. Uma passagem coberta, que serve de acesso tanto ao engenho quanto ao sobrado, divide o térreo em duas partes. De um lado a "loggia" e duas salas abrindo-se para o rio, do outro um salão em mármore, capela abobadada, depósito e quartos de criados. No pavimento nobre encontra-se os quartos e o salão de visita, que se projeta sobre o rio sendo flanqueado por duas galerias de arcos. O sótão foi ampliado e transformado em apartamento neste século. Merecem destaque a portada e o brasão em mármore da família Muniz e os azulejos do banheiro externo.



Endereço: Zona rural, às margens do rio Paraguassú - Cachoeira - BA

Livro Histórico
Inscrição:206 Data:23-3-1943
     
Livro de Belas Artes
Inscrição:271-A Data:23-3-1943
     
 

Nº Processo:0284-T-41