retornar

Retábulo da Igreja Nossa Senhora da Vitória (São Luís, MA)


Outros Nomes:Retábulo da Catedral da Sé


Descrição:Por volta de 1690, a Companhia de Jesus deu início às obras da igreja nova de Nossa Senhora da Luz, conforme desenho feito pelo padre Felipe Bertendorf e aprovado por Roma. A igreja foi edificada com mão-de-obra indígena, ajudada pelos moradores que forneceram os meios de transporte para o material. Nove anos foram gastos na sua edificação, sendo inaugurada em 30 de julho de 1699. O retábulo do altar-mór, do último quartel do século XVIIII, que é tombado pelo IPHAN em 1954, seguiu também o desenho do Pe. Bertendorf, tendo sido executado pelo entalhador português Manuel Mansos, diretamente auxiliado por entalhadores maranhenses ligados à Companhia de Jesus. Resultou desta singular parceria um dos mais belos trabalhos de talha de todo o país. É um tesouro da arte barroca brasileira representando a melhor talha hoje existente em São Luis. Após o banimento e proscrição dos padres jesuítas, em 1759/60, seus bens passaram, em 1761, à Fazenda Nacional e o Colégio e Igreja de Nossa Senhora da Luz foi destinado a servir de Paço Episcopal e Catedral com a invocação de Nossa Senhora da Vitória. O Governo Federal, através da 3ª Superintendência Regional do IPHAN, realizou obras de restauração de 1993 a 1996, recuperando o esplendor do ouro primitivo encoberto por pintura azul e branca que refletem um simbolismo litúrgico muito frequente no barroco luso-espanhol, austríaco e sul-americano em geral. A pintura do forro da capela-mor, de 1954, é de autoria de João de Deus.



Endereço: Av. Pedro II, s/n, quadra 06, Centro - São Luís - MA

Livro de Belas Artes
Inscrição:417 Data:23-8-1954
     
 

Nº Processo:0505-T-54