retornar

Capela de Nossa Senhora da Pena e ruínas do sobrado anexo (Cachoeira, BA)


Outros Nomes:Engenho Velho: Capela de Nossa Senhora da Pena; Capela de Nossa Senhora da Pena da Fazenda do Engenho Velho do Paraguassú


Descrição:A capela e as ruínas do Engenho Velho implantam-se na encosta de uma elevação verdejante, às margens do rio Paraguassú, no local onde existiu um dos primeiros engenhos da região. A Capela de N. Sra. da Pena, de 1660, é constituída de nave e capela-mor, recobertas com cúpulas com extradorso de telhas e duas sacristias laterais de 4 águas. O partido adotado em "T", resulta numa forma inusitada devido às proporções utilizadas na nave. Características renascentistas são identificadas na utilização de uma cúpula de perfil rebaixado recobrindo nave quadrada, mediante transição de "pendentifs" e, ainda, na capela-mor, em forma de ábside semicircular, recoberta por meia-cúpula. Nave e capela-mor são completamente revestidas por azulejos do século XVII, tipo "massaroca", o que confere ao espaço um certo ar oriental, que também se reflete no tratamento volumétrico, tornando-a um edifício ímpar no país. No frontispício, a portada clássica com duas janelas é encimada por espadaña. As ruínas da primitiva casa-grande estão próximas à capela, devendo ser da mesma época de sua construção. No século XIX, a casa-grande já estava arruinada, sendo construído nas proximidades um novo sobrado.



Endereço: Fazenda Engenho Velho, às margens do rio Paraguassú, distrito de Santiago do Iguape - Cachoeira - BA

Livro de Belas Artes
Inscrição:280-A Data:8-7-1943
     
Livro Histórico
Inscrição:214 Data:8-7-1943
     
 

Nº Processo:0231-T-41


Observações:O tombamento inclui todo o seu acervo, de acordo com a Resolução do Conselho Consultivo da SPHAN, de 13/08/85, referente ao Processo Administrativo nº 13/85/SPHAN.