retornar

Itaparica, BA: conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico (Itaparica, BA)



Descrição:A Ilha de Itaparica situa-se na Baía de Todos os Santos e de sua ocupação se tem notícias desde os primeiros tempos da colonização portuguesa. Os primeiros assentamentos indígenas foram dando lugar aos engenhos de açúcar, grande riqueza do Recôncavo Baiano no período colonial. Sua posição estratégica tornou-a alvo de inúmeros invasores que pretendiam a conquista da cidade de Salvador, a capital da Colônia, e das ricas vilas de Maragogipe e Cachoeira, cujo acesso se fazia pelo rio Paraguassú, o que fez com que a ilha fosse duramente castigada, tendo seus engenhos incendiados. Isto também explica o grande número de fortalezas em seu território que buscavam, mediante fogo cruzado, impedir o ataque inimigo. O município, que primitivamente se estendia por toda a ilha e Salinas das Margaridas, foi emancipado do de Salvador aos 04.08.1833, e a primitiva vila elevada à cidade em 1890. A parte central da cidade, protegida pelo IPHAN, localiza-se próxima ao mar, no norte da ilha, em trecho conhecido antigamente como Ponta da Baleia, desenvolvendo-se através de uma trama de ruas de desenho irregular, intercalada por praças. O conjunto arquitetônico, apesar das transformações ocorridas ao longo dos anos, conserva suas características originais, destacando-se pela uniformidade dos muitos edifícios de um só pavimento, com janelas e portas de vergas retas ou curvas. Os sobrados são em pequeno número, o que ratifica a escala horizontal do conjunto, onde se sobressai a Matriz do Santíssimo Sacramento por sua volumetria avantajada. Outros pontos de destaque na paisagem são a Igreja de São Lourenço, de pequenas dimensões e o Forte de mesmo nome, à beira-mar, realçado por pequena praia com frondosos tamarindeiros.



Endereço: - Itaparica - BA

Livro Histórico
Inscrição:477 Data:28-4-1980
     
Livro Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico
Inscrição:078 Data:28-4-1980
     
Livro de Belas Artes
Inscrição:541 Data:28-4-1980
     
 

Nº Processo:0973-T-78


Observações:A Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento também é conhecida como Igreja do Padre Torres e localiza-se na Rua Luís Gran.