retornar

Igreja Matriz de Nossa Senhora Divina Pastora (Divina Pastora, SE)


Outros Nomes:Igreja Matriz da Divina Pastora


Descrição:A localidade de Divina Pastora foi elevada à paróquia em 31/05/1835. Mais tarde, em 1836, foi elevada à categoria de vila. A cidade está localizada a noroeste do Estado, próxima as cidades de Maroim e Riachuelo. A igreja foi construída no século XIX. O que caracteriza a Igreja Matriz de Divina Pastora, é o fato de sua nave possuir um corredor aberto por cinco arcadas. Tal característica pode ocorrer pelo fato da igreja ser local de peregrinação de fiéis. A fachada possui portada de pedra, com ombreiras, cimalha e folhas almofadadas. Existem duas portas. As três janelas do coro possuem vergas curvas, cimalha, folhas de guilhotina e bandeiras envidraçadas. O frontão é em volutas, encimado por cruz, com óculo vedado no tímpano. A construção possui torres quadrangulares, coroadas em bulbo, ornadas por coruchéus. As janelas das torres assemelham-se às da fachada. Nas fachadas laterais encontram-se cinco arcadas ao lado da nave, e janelas semelhantes a da fachada principal e beiral em cimalha de boca de telha. Possui telhado de duas águas. Seu interior possui altar-mor com dossel, colunas torsas, decorado com entalhamento em motivos florais. No fundo do nicho central, encontra-se uma pintura. A capela-mor possui tribunas com guarda-corpo de balaustres e um lampadário de prata; arco cruzeiro em madeira, encimado por escudo e dois altares laterais com retábulos ornados com apliques e colunas salomônicas em motivos florais. Os púlpitos são entalhados em madeira. O forro da nave apresenta pintura da Divina Pastora. O coro possui gradil de balaustres de madeira. A sacristia possui piso em laje de pedra e uma pia de mármore esculpida por dois golfinhos. O teto também possui pintura de José Teófilo de Jesus. Há uma cômoda com imagem de Cristo crucificado sobre crucifixo de prata. A imaginária possui, entre outras, uma imagem da Divina Pastora e uma de São Miguel.



Endereço: - Divina Pastora - SE

Livro Histórico
Inscrição:195 Data:20-3-1943
     
Livro de Belas Artes
Inscrição:261-A Data:20-3-1943
     
 

Nº Processo:0290-T-41


Observações:O tombamento inclui todo o seu acervo, de acordo com a Resolução do Conselho Consultivo da SPHAN, de 13/08/85, referente ao Processo Administrativo nº 13/85/SPHAN.