Nova temporada de exposições no Centro Cultural Paço Imperial Atelier Sergio Camargo Cursos Paço Imperial - módulos do primeiro semestre de 2017

Centro Cultural Paço Imperial

Tombado pelo Iphan em 1938, o Paço Imperial é, desde que foi restaurado, entre 1982 e 1985, um centro de exposições e eventos, e sede da Biblioteca Paulo Santos. Atuando pela preservação da memória histórica, ao mesmo tempo em que incorpora as inovações da cultura brasileira, é um dos marcos da história cultural do Rio de Janeiro. Desde que se transformou em um espaço aberto às exposições e aos eventos culturais, a linha de atuação adotada mescla - como a sua arquitetura que contrapõe os elementos originais do prédio com os contemporâneos - a arte de Aleijadinho, Joseph Beuys, Maria Clara Machado, John Cage, Rolling Stones, Helio Oiticica e Mestre Valentim.

Formada pelo historiador da arquitetura e do urbanismo, Paulo Santos, a biblioteca que leva seu nome está instalada no primeiro andar do prédio, com um acervo de milhares de obras, a maior parte delas especializadas em arte e arquitetura luso-brasileiras. As demais salas do edifício estão franqueadas às exposições temporárias de artes plásticas, eventos teatrais, concertos musicais clássicos e populares, palestras e seminários. No andar térreo, são oferecidos diversos serviços com o mesmo rigor e qualidade de seus eventos culturais.

Contato