Arquitetura e arqueologia são temas da 2ª Jornada do Patrimônio

Com a palestra Arquitetura e arqueologia, no próximo dia 24 de julhosegunda-feira, a professora María Margarita Segarra Lagunes, titular da cadeira de Restauração de Monumentos da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Roma Três, dá prosseguimento às Jornadas do Patrimônio. María Margarita é professora de Restauração de Monumentos na Europa e outros países, mantém um ateliê de restauração no curso de Ciência Arquitetural. Coordena o Master internazionale di II livello Architettura | Storia | Progetto e, nesse, dirige o módulo sobre Cultura del Progetto in Ambito Archeologico.

As Jornadas do Patrimônio visam atender às demandas por capacitação dos servidores do Iphan nas áreas de conservação e restauro do patrimônio cultural e são parte da estrutura do Mestrado Profissional do Iphan – PEP/MP, como Atividades de Extensão. São realizadas pelo Centro Lucio Costa, unidade do Departamento de Articulação e Fomento (DAF) e o Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização (DEPAM), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em parceria com o Mestrado Profissional em Conservação e Restauração de Monumentos e Núcleos Históricos (MP-CECRE da UFBA).

Como conservar? O que selecionar? Como proteger? Quais os limites de uma intervenção? São algumas das perguntas que a Professora María Margaritta vai abordar partindo de experiências recentes e que demonstram como a arquitetura é capaz de contribuir não só para a conservação e a interpretação de bens e sítios arqueológicos, mas também para a compreensão do processo evolutivo de cada lugar.

Podem participar das Jornadas os servidores do Iphan nas áreas de conservação e restauro e de outras áreas de formação que lidem com os diversos temas pertinentes à preservação, assim como convidados externos, profissionais e estudantes interessados no campo da preservação do patrimônio cultural.

 

A 2ª Jornada do Patrimônio, no próximo dia 24 de julho, terá o seguinte Programa:

Manhã:

9h30 às 11h30: Maria Margarita Segarra- Dipartimento di Architettura – Università degli Studi Roma Tre

Título da palestra:  Arquitectura y arqueología

Temas a serem abordados:

1) A conservação e compreensão de sítios arqueológicos

2) A preservação de ruínas, sua restauração e especialmente sua inserção nas dinâmicas urbanas

3) Como a arquitetura pode auxiliar nas intervenções no que se refere especificamente a: interpretação e apresentação de bens e sítios arqueológicos, proteção, conservação e inserção harmônica nos seus contextos;

4) A qualidade do projeto arquitetônico e dos vários modos de intervenção.  

Obs.: A palestra será ministrada em língua espanhola e não haverá tradução simultânea.

11h30 às 12:30 – Luiz Antônio Bolcato Custódio – IPHAN-RS

Estudo de caso: Ruínas de São Miguel da Missões (contextualização do sítio, histórico de intervenções e situação atual)

Tarde:

14 às 15h30 - Silvia Puccioni e Rosana Najar - IPHAN

Estudo de caso: Arqueologia histórica: conservação de ruínas e interpretação do sítio de São Miguel das Missões.

15:30 às 17h – Debate

Debatedor: Cyro Corrêa Lyra - IPHAN

O debatedor tratará de articular os conteúdos das apresentações explorando, quando de intervenções em ruínas, especialmente as questões relativas a: acesso, conservação, níveis de intervenção e autenticidade, reconstrução, interpretação dos sítios.

 

As Jornadas do Patrimônio no Rio de Janeiro serão realizadas no Edifício do Teleporto: Av. Presidente Vargas Av. Presidente Vargas, 3131 - 19º andar – Auditório.

Todo material didático utilizado nas apresentações será incorporado ao acervo do Centro Lucio Costa para disponibilização em futuras atividades formativas.

As próximas Jornadas do Patrimônio serão realizados nos dias 7 e 28 de agosto. Já confirmaram presença: Claudio Varagnoli - Facoltà di Architettura da Università degli Studi “G. d’Annunzio” Chieti-Pescara; e José Aguiar – Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa. Os programas serão divulgados oportunamente

 

Registro da 1ª Jornada do Patrimônio

No dia 7 de junho, o professor João Mascarenhas Mateus – Pesquisador do Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design (CIAUD) - Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, inaugurou as Jornadas do Patrimônio com a palestra "Introdução à História da Construção e sua relação com a preservação do patrimônio edificado”.

História da Construção como campo de conhecimento útil à preservação, pesquisa, registro e difusão do conhecimento útil à preservação, como aplicação de antigas técnicas de execução considerando a prática e a tecnologia atual da construção civil; e o Comportamento estrutural dos sistemas construtivos tradicionais, como as alvenarias de pedra e tijolo, os sistemas abobadados, a gaiola pombalina e suas respectivas premissas para intervenções e restauro, foram os temas abordados pelo professor.

Na segunda parte da 1ª Jornada, a professora Mariely Cabral de Santana do MP-CECRE-UFBA apresentou estudo de caso "Mestres e Artífices na Chapada Diamantina: o registro de técnicas e sistemas construtivos tradicionais, em especial, alvenarias de pedra e terra"

 

1ª Jornada do Patrimônio (26/06/2017)

  • Imagem I Jornada - 1
    Professor João Mascarenhas Mateus na palestra inaugural
  • Imagem I Jornada - 2
    Professores João Mascarenhas Mateus e Mariely Cabral de Santana
  • Imagem I Jornada - 3
    Participantes, no Rio de Janeiro, da 1ª Jornada do Patrimônio
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin