Medalha Mário de Andrade é entregue a defensores do Patrimônio Cultural no Espírito Santo

Para homenagear a determinação e a dedicação de homens e mulheres que consagraram parte de suas vidas à defesa do Patrimônio Cultural no Espírito Santo, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) realiza no próximo dia 13 de dezembro a cerimônia de entrega da Medalha Mário de Andrade. Serão agraciados a ex-servidora do Iphan Carol Abreu, o antropólogo e arqueólogo Celso Perota e o professor José Antônio de Carvalho. Durante a solenidade, os homenageados terão oportunidade de apresentar ao público como se deu sua atuação no tema. O evento acontece no Auditório do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo, em Vitória. 

A medalha resgata a figura do intelectual paulista e autor do anteprojeto de criação da Instituição, criada para homenagear parceiros que vêm contribuindo para o reconhecimento, valorização e preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. O objetivo da ação é valorizar a atuação de técnicos e servidores, intelectuais, representantes da sociedade civil e instituições públicas que estiveram junto com o Iphan nessa trajetória de 80 anos, materializando a gratidão da instituição com estes companheiros de caminhada. 

Desde outubro, a Medalha Mário de Andrade vem sendo concedida a diversas personalidades e instituições brasileiras, como agradecimento e reconhecimento oferecido a esses parceiros, por seu notório apoio na promoção e proteção dos bens culturais do Brasil, de modo a garantir sua permanência e usufruto para as gerações atuais e futuras; no incentivo à continuidade dos trabalhos do Iphan; e nas ações que enaltecem e valorizam a riqueza cultural brasileira. 

Homenageados
No Espírito Santo, serão três os agraciados com a Medalha Mário de Andrade pela sua contribuição ao Patrimônio Cultural Brasileiro. 

A servidora do Iphan Carol Abreu recebe a homenagem por seus serviços prestados ao Iphan entre 1990 e 2010, como Representante do Escritório Técnico do Iphan no Espírito Santo, depois como Representante da 6a Sub-Regional II, e finalmente como Superintendente do Iphan no Espírito Santo.

Já o professor e Mestre em Artes pela Escola de Comunicações e Arte da Universidade de São Paulo, José Antonio de Carvalho, se destacou como estudioso na área da história e do patrimônio cultural do Espírito Santo. Em 1982 publicou a obra “O Colégio e as residências dos jesuítas no Espírito Santo”, considerada referência sobre acervo arquitetônico jesuítico do Estado. Também tem publicado vários artigos na Revista de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Finalmente, o antropólogo e arqueólogo Celso Perota, professor aposentado da Universidade Federal do Espírito Santo, será agraciado por sua experiência na área de Arqueologia, com ênfase em Arqueologia Pré-Histórica, e sua atuação nas áreas de Arqueologia pré-colonial e evolução paleoclimática e da paisagem. Perota desenvolveu diversas pesquisas arqueológicas no estado do Espírito Santo, algumas delas no âmbito do Programa Nacional de Pesquisas Arqueológicas – PRONAPA (1968-1975), sendo que a partir dos seus resultados, propôs um modelo interpretativo sobre a pré-história capixaba (seguido até os dias atuais). 

Mário de Andrade
Intelectual, musicólogo, ensaísta, crítico literário, folclorista e turista aprendiz, Mário de Andrade é um dos principais nomes nas trajetórias de preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Não só por sua contribuição formal, simbolizada no texto do anteprojeto de criação do Iphan; nem só por suas produções artísticas de vanguarda, gravadas na história brasileira na Semana de Arte Moderna de 1922 e em obras como O Turista Aprendiz e Macunaíma; mas também por sua atuação incansável como verdadeiro etnógrafo da cultura nacional. Em suas vivências e andanças, Mário de Andrade olhou e narrou o país com admiração e crítica, buscando compreendê-lo em suas veredas e rios, nas artes, nos ritos e nos gostos de sua gente. 

Serviço
Entrega Medalha Mário de Andrade
Data: 13 de dezembro às 16h.
Local: Auditório do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Rua Sete de Setembro, nº 414 - Centro, Vitória/ES

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan

comunicacao@iphan.gov.br
Fernanda Pereirafernanda.pereira@iphan.gov.br 
Carmen Lustosacarmen.costa@iphan.gov.br
(61) 2024-5511- 2024-5504 - 2024-5531
(61) 99381-7543
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin