Theatro Sebastião Pompeu de Pina, em Pirenópolis (GO), será restaurado pelo Iphan

Prédio histórico de 1899 construído em estilo colonial, o Theatro Sebastião Pompeu de Pina, em Pirenópolis (GO), será restaurado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A obra contará com recursos do Iphan na ordem de R$ 6 milhões.

O projeto para a intervenção  foi concluído por meio de ação conjunta entre o Iphan e o Governo do Estado de Goiás, visando a recuperação arquitetônica integral do edifício, com modernas instalações elétricas, hidrossanitárias (incluindo drenagem), climatização, instalações acústicas e cênicas adequadas para o uso de teatro, espaços acessíveis e equipamentos de prevenção e combate a incêndio.

O edifício integra o Conjunto Arquitetônico, Urbanístico, Paisagístico e Histórico de Pirenópolis, tombado pelo Iphan em 1990.

Histórico - O Teatro de Pirenópolis foi construído no ano de 1899 por iniciativa de Sebastião Pompeu Pina. Durante muitas décadas, o edifício foi intensamente utilizado para apresentações de dança, óperas, peças e espetáculos e, ao longo dos anos, passou por diversas reformas, chegando a ser utilizado para outros fins.

Devido ao risco de desabamento, o prédio foi interditado em 1977. Em 1979, voltou a abrigar o teatro, quando a Fundação Cultural do Estado de Goiás comprou o imóvel e o restaurou. Já em 1999, ano em que o Teatro de Pirenópolis completou 100 anos, foi entregue à comunidade totalmente restaurado pelo Iphan, retomando sua feição original e as atividades condizentes para o local.

Para valorização do teatro, em 2010, o Iphan entregou uma nova restauração, unindo história e tecnologia. Chamado de Entroncamento Cultural (em alusão ao antigo entroncamento das rotas comerciais), o novo espaço intitulado de Praça dos Quintais  ganhou um anfiteatro, uma cafeteria e um terraço mirante, possibilitando ao visitante apreciar um dos visuais mais belos da Serra dos Pireneus. A intervenção teve como importante ganho a ligação entre o Teatro, voltado para o Largo da Matriz, e o Cine Pireneus, voltado para a Rua Direita, por meio dos seus respectivos quintais. As novas instalações, unidas ao Teatro de Pirenópolis e ao Cine Pireneus, que já existiam, formaram um conjunto cultural com grande potencial para eventos, festivais, encontros, uma verdadeira sala de visita da cidade patrimônio.

Assessoria de Comunicação 
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)

comunicacao@iphan.gov.br
Fernanda Pereira – fernanda.pereira@iphan.gov.br
Clélia Lima -  clelia.lima@iphan.gov.br
Marianne Cardoso - marianne.cardoso@iphan.gov.br
(61) 2024-5513 - 2024-5533 - 98104-5949

(62) 3224-6402
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin