Mercado Ver-o-Peso - Belém (PA)

  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O conjunto arquitetônico e paisagístico que envolve o Mercado Ver o Peso é parte importante do patrimônio material em Belém-PA.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    A Feira do Açai é um lugar de referência no complexo do Mercado Ver o Peso, onde podemos encontrar a fruta em estado natural.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Diversos casarões fazem parte do conjunto arquitetônico em torno do Mercado Ver o Peso, às margens da Baía do Guarajá.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Interior do Mercado Francisco Bolonha, conhecido como Mercado de Carne, durante a reforma, finalizada em 2010.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    A grande variedade de pescados é um atrativo para quem busca o peixe fresco.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    As embarcações repousam às margens da Baía de Guajará, esperando o fluxo da maré.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Por todo o Mercado a oferta de frutas frescas é abundante.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O Mercado Ver o Peso é um símbolo da integração entre o aspecto urbano das construções e o acesso fluvial da Baía de Guajará.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Na feira do Açaí pode-se encontrar grande oferta do produto em seu estado natural.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O grande fluxo de embarcações e pessoas em torno do comércio traz problemas de acúmulo de lixo e sujeira, ainda não resolvidos.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O comércio de variedades e artigos industrializados tambem ocupa as bancas do Mercado.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O artesanato com fibras vegetais reflete a grande variedade de espécies da região.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O comércio de frutas nativas é intenso nas bancas do Mercado.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Enorme variedade de ervas medicianais e extratos ocupam as bancas do mercado.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Os cachos de pupunha, fruto da palmácea de mesmo nome, enfeitam as bancas repletas de frutos comuns da região.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O camarão é um dos alimentos mais nobres e de grande utilização na culinária local.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    É gigantesca a variedade de pimentas na região e o seu uso pela população bastante intenso.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O comércio da castanha-do-pará, fruto da castanheira, representa uma atividade econômica da maior importância na região.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O peixe fresco é facilmente encontrado em função da proximidade com a Baía de Guajará.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    A tradição indígena se reflete no intenso consumo da farinha de mandioca.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O tucupi é um componente típico e muito apreciado da culinária paraense.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Frontão do prédio do Mercado Francisco Bolonha, o Mercado de Carne, parte do Complexo Arquitônico e Paisagístico do Mercado Ver o Peso.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O fluxo de mercadorias que chega por meio dos barcos é intenso e exige grande habilidade dos trabalhadores braçais.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O Mercado de Peixe, conhecido como Mercado de Ferro, foi inaugurado em 1901 e está localizado às margens da Baía de Guajará, em Belém.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    Vista aérea da Baía de Guajará, como Forte do Presépio na parte inferior.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O perfil da orla apresenta adaptações para o convívio entre o urbano e o ribeirinho.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O comércio de ervas aromáticas e extratos medicinais ocupa boa parte da população de comerciantes no Mercado.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O Mercado de Peixe, conhecido como Mercado de Ferro, foi inaugurado em 1901 e está localizado às margens da Baía de Guajará, em Belém.
  • PA_Belem_Mercado_Ver_o_Peso
    O açaí é um dos pratos mais ricos e apreciados pela população local, mas hoje suas propriedades alimentícias são apreciadas em todo o mundo.