História - Arraial do Cabo (RJ)

Arraial do Cabo foi ponto de desembarque da expedição de Américo Vespúcio, que construiu sua casa de barro e pedra no Bairro da Rama, onde foi criada a primeira feitoria do Brasil. Atualmente, o local é conhecido como Praia dos Anjos. Tribos dos índios Tupinambá habitavam toda a área correspondente ao Estado do Rio de Janeiro e, nas terras onde surgiria Arraial do Cabo, eram representados pelos índios Tamoio. Estes, mais avançados que os nômades, viviam em aldeias, caçavam, plantavam mandioca, faziam peças de cerâmica e enfeitavam-se com penas. 

Segundo estudos arqueológicos, havia cerca de 50 aldeias dos Tupinambá na região, estimando-se uma população que poderia variar de 25 a 75 mil habitantes antes da conquista europeia. Houve grande aumento populacional na região de Cabo Frio com a chegada dos portugueses e, em 1615, foi fundada a cidade de Santa Helena. A partir de 1616, o local passou a chamar-se Nossa Senhora da Assunção de Cabo Frio, tendo sido ponto importante para o desenvolvimento e conquista do território fluminense.

Embora a colonização e o desenvolvimento da região tenham tomado velocidade com a fundação da cidade de Cabo Frio, Arraial do Cabo viveu durante muito tempo esquecido e isolado. Não havia acesso a outros povoados. Era pela praia que seus moradores iam e vinham, a pé ou a cavalo, para trocar, vender e comprar mercadorias. A pesca foi muito importante, nesse período. Distrito criado, em 1924, subordinado ao municipio de Cabo Frio e elevado, em 1985, à categoria de municipio. 

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin