Literatura de Cordel

Literatura de CordelA Literatura de Cordel foi inscrita no Livro de Registro das Formas de Expressão em setembro de 2018. Esse bem cultural imaterial tem origem no Norte e no Nordeste do país, mas hoje circula em diversas Unidades da Federação, especialmente Paraíba, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Pará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo. Sua difusão por todo o território nacional é somente um dos fatores que demonstram a sua relevância cultural para a sociedade brasileira.

A Literatura de Cordel refere-se não apenas ao gênero literário, mas também a um veículo de comunicação, ofício e meio de sobrevivência para inúmeros cordelistas. Inserido na cultura nacional em fins do século XIX, o cordel é elemento constituinte da diversidade cultural brasileira, com contribuições das culturas africana, indígena, europeia e árabe. Conjugando tradições da oralidade, da poesia e das narrativas em prosa, o bem cultural se constituiu como uma relevante forma de expressão da nossa sociedade. Seu desenvolvimento associado às narrativas orais, à cantoria, ao repente, à embolada, à glosa e à declamação ensejou a grande popularidade do gênero, devido à estruturação dos poemas que possibilita uma fácil memorização dos versos.

Inicialmente, o termo cordel era principalmente associado à forma editorial dos textos, veiculados em pequenas brochuras impressas em papel barato e vendidas suspensas em cordões de lojas de feiras e mercados com vistas à ampla difusão dos livros. Nos dias de hoje, poetas cordelistas também definem o cordel como gênero literário constituído obrigatoriamente de três elementos principais, a saber: métrica, rima e oração. Tais componentes, associados às ilustrações das histórias estampadas nas capas dos livretos, tradicionalmente em xilogravura, são partes da cultura encantadora da Literatura de Cordel. 

Sua inserção na cultura brasileira representa a vivência de diversos grupos sociais muitas vezes não contemplados pelos preceitos da literatura de tradição acadêmica. O desenvolvimento dessa forma de expressão perpassa pela transmissão de conhecimentos elementares para a formação da nossa sociedade e, por isso, a Literatura de Cordel recebe o título de Patrimônio Cultural do Brasil.

Documentos
Parecer do DPI
Parecer do Conselho Consultivo
Certidão

Leia mais
Dossiê da Literatura de Cordel 
Vídeo do Registro
Contatos

 

Literatura de Cordel

  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel
    Entre versos, rimas e cantoria, a Literatura de Cordel é uma expressão cultural popular que abrange não apenas as letras, mas também a música e a ilustração.
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel02
    Literatura de Cordel
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel03
    Literatura de Cordel
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel04
    Literatura de Cordel
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel05
    Literatura de Cordel
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel06
    A Literatura de Cordel é um gênero literário, veículo de comunicação, ofício e meio de sobrevivência para inúmeros cidadãos brasileiros.
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel07
    Literatura de Cordel
  • NAC_IMAT_Literatura_de_Cordel08
    Literatura de Cordel
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin