Frevo

O frevo nasceu do improviso dos passistas e da reinvenção nos blocos de rua

O Frevo - inscrito no Livro de Registro das Formas de Expressão, em 2007 - é uma forma de expressão musical, coreográfica e poética densamente enraizada em Recife e Olinda, no Estado de Pernambuco. Surgiu no final do século XIX, no Carnaval, em um momento de transição e efervescência social, como expressão das classes populares na configuração dos espaços públicos e das relações sociais nessas cidades.  Em 2012, o Frevo: expressão artística do Carnaval de Recife foi incluído na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco.

Uma passista dançando na rua ao som contagiante e energético do frevoA história do frevo está registrada na memória coletiva do povo pernambucano, nos modos como essas pessoas povoam a vida sociocultural do Recife, sua forma de organização; participação da população na festa, no cotidiano, nas intenções políticas e sentidos por elas atribuídos. Manifestação artística da cultura pernambucana, desempenha importante papel na formação da música brasileira, sendo uma das suas raízes.

A riqueza melódica, criatividade e originalidade proveniente da grande mescla com gêneros diversos, somadas à inventividade e capacidade criadora dos seus compositores, engrandecem e legitimam as múltiplas identidades, assim como a diversidade cultural do povo brasileiro. As bandas militares e suas rivalidades, os escravos recém-libertos, os capoeiras, a nova classe operária e os novos espaços urbanos foram elementos definidores da configuração do Frevo.

Do repertório eclético das bandas de música, composto por variados estilos musicais, resultaram suas três modalidades, ainda vigentes: frevo de rua, frevo de bloco e frevo-canção. Simultaneamente à música, foi-se inventando o passo, isto é, a dança frenética característica do frevo. Improvisada na rua, liberta e vigorosa, criada e recriada por passistas, a dança de jogo de braços e de pernas é atribuída à ginga dos capoeiristas, que assumiam a defesa de bandas e blocos, ao mesmo tempo em que criavam a coreografia. Produto desse contexto sociohistórico singular, desde suas origens, o Frevo expressa um protesto político e uma crítica social em forma de música, de dança e de poesia, constituindo-se em símbolo de resistência da cultura pernambucana e em expressão significativa da diversidade cultural brasileira.

 

Documentos

Parecer do DPI
Parecer do Conselho Consultivo
Certidão
Titulação do Frevo
Registro do Frevo 

Leia mais

Música urbana
Dossiê do Frevo
Vídeo do Registro - Parte 1 - Parte 2
Banco de Dados dos Bens Culturais Registrados
Contato

 

Frevo

  • PE_IMAT_Frevo
    O Frevo é uma forma de expressão musical, coreográfica e poética que surgiu no final do século XIX no Carnaval de Pernambuco
  • PE_IMAT_Frevo_Bonecos_gigantes_Carnaval
    O Frevo é um das principais marcas do Carnaval da cidade
  • PE_IMAT_Frevo_Passistas
    É composto pela dança e pela musicalidade singular das orquestras de metais e orquestras de pau e corda
  • PE_IMAT_Frevo_Orquestra_de_Frevo
    O Frevo de Rua é a manifestação mais antiga, sendo sua instrumentação emblemática
  • PE_IMAT_Frevo_Passistas
    A dança do frevo é um jogo de braços e pernas. A criação é atribuída à ginga dos capoeiristas, que assumiam a defesa de bandas e blocos, ao mesmo tempo em que criavam a coreografia
  • PE_IMAT_Frevo_Desfile_de_bonecos_gigantes
    Riqueza melódica, criatividade, originalidade, passos vibrantes e uma dança frenética são as características do Frevo, em Pernambuco.
  • PE_IMAT_Frevo_Bloco_da_Saudade
    Os Blocos Líricos também fazem parte do sistema de manifestações que compõem o universo do Frevo
  • PE_IMAT_Frevo
    Bloco de rua no carnaval de Recife
  • PE_IMAT_Frevo
    Músicos embalando os foliões ao som do frevo, nas ruas em Pernambuco
  • PE_IMAT_Frevo
    Músicos de uma orquestra de frevo nas ruas de Pernambuco
  • PE_IMAT_Frevo
    A história do Frevo está registrada na memória coletiva do povo pernambucano e na formação da música brasileira.
  • PE_IMAT_Frevo
    O Frevo é uma forma de expressão musical, coreográfica e poética enraizada em Recife e Olinda (PE), onde surgiu no século XIX.
  • PE_IMAT_Frevo_Passistas
    A habilidade dos passistas de frevo surpreendem pela destreza e exuberância de movimentos
  • PE_IMAT_Frevo_Passistas
    Um grupo de passistas assiste ao salto coreográfico que revela a intensidade dessa rica expressão do povo pernambucano
  • PE_IMAT_Frevo_Passistas
    A contagiante movimentação dos passistas de frevo
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin