Edital PNPI 2008 - Inventário Nacional da Diversidade Linguística e Mapeamento Documental do Patrimônio Imaterial

Em 2008, foram selecionados apenas dois projetos para realização do Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL) e Mapeamento Documental do Patrimônio Imaterial, de acordo com Edital do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI). O Iphan visou atingir os seguintes resultados: 

  1. Realização de projetos pilotos de experimentação da metodologia geral para o Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL) para qualquer Unidade da Federação desde que fosse atendida uma das seguintes situações: uma língua indígena falada por poucos indivíduos, uma língua indígena falada por população entre 100 e 300 indivíduos, uma língua indígena falada por comunidade numerosa, uma língua de imigração, uma língua de comunidade afro-brasileira, uma língua crioula ou uma língua de sinais.
  2. Mapeamento Documental de saberes e modos de fazer, formas de expressão, festas, celebrações e lugares, abrangendo um dos seguintes estados da Federação: Amapá, Acre, Roraima, Rondônia, Amazonas, Pará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Tocantins. 

 

Os recursos financeiros disponibilizados totalizaram R$ 730.648,15 distribuídos da seguinte forma:

  • R$ 581.048,15 em recursos próprios do Iphan; e
  • R$ 149.600,00 em recursos de contrapartida das instituições.

 

Projetos executados

  1. Estudos Preliminares para o Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL)
  2. Inventário Documental do Patrimônio Imaterial Mato-Grossense
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin