Representantes do Cavalo-Marinho reúnem-se para debater salvaguarda do bem cultural registrado

No último domingo, dia 15 de abril, técnicos da Superintendência do IPHAN em Pernambuco e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) reuniram-se na cidade de Condado – Zona da Mata Norte de Pernambuco – com representantes de grupos de Cavalo-Marinho locais e das cidades vizinhas. Folgazões ligados aos Cavalos-Marinhos Estrela de Ouro, Boi Pintado, Estrela Brilhante, Boi Brasileiro e Boi Matuto – além de alguns integrantes de grupos de Caboclinhos e Maracatus de Baque Soltos da região – participaram da conversa que objetivou retomar o diálogo com detentores dessa manifestação, após a última reunião ocorrida em 2016.

 

O debate versou sobre a pesquisa do INRC realizada entre 2012 e 2013, os anseios e dúvidas dos grupos de Cavalo-Marinho em relação à Politica Federal de Salvaguarda e algumas demandas levantadas pelos grupos e reunidas no Dossiê de Registro. A ausência de apoio e reconhecimento por parte dos poderes locais e a irregularidade e insuficiência dos cachês pagos aos grupos foram frisados pelos detentores como os principais entraves para a continuidade das apresentações dos Cavalos-Marinhos. Além disso, os presentes levantaram a possibilidade de oficializar uma associação com os grupos existentes visando a uma maior facilidade de acesso a recursos públicos, por exemplo.

Em seguida, o IPHAN e a Fundarpe apresentaram aos detentores do Cavalo-Marinho presentes Editais e Prêmios lançados recentemente e voltados para o Patrimônio Cultural de natureza imaterial, como o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade e o Registro do Patrimônio Vivo.

Pretende-se, a partir desse encontro, mobilizar os demais Mestres e Grupos de Cavalo-Marinho para continuar o debate em torno do apoio e da sustentabilidade desse bem cultural, tendo como parâmetros as demandas de salvaguarda listadas no Dossiê de Registro e que se agravaram desde o Reconhecimento do bem como Patrimônio Cultural do Brasil em 2014.  

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin