Principal » IPHAN » Superintendências Estaduais » Superintendência do IPHAN em Minas Gerais
- A +
Superintendência do IPHAN em Minas Gerais
Tiradentes - Crédito: Wilson Avelar - Iphan

Michele Abreu Arroyo
Superintendente do IPHAN - Minas Gerais
Endereço: Rua Januária, nº 130 - Bairro Centro
Cidade: Belo Horizonte - MG
CEP: 30.110-055
Telefone(s): (31) 3222-2440, 3222-3051, 3222-2945, 3222-8586, 3224-0096
Fax: (31) 3213-4426
Email Geral: iphan-mg@iphan.gov.br

 

Histórico

A partir de janeiro de 2006, a Superintendência do IPHAN em Minas Gerais, IPHAN-MG, passou a ocupar, com sua sede, a "Casa do Conde", situada na Praça da Estação, em Belo Horizonte. Devido à suas linhas arquitetônicas e sistema construtivo, o imóvel é uma referência significativa do desenvolvimento da arquitetura e da história da capital mineira, sendo tombado pelo estado e pelo município.

Pesquisas para o reconhecimento das referências culturais da população do assentamento São Francisco, deslocada da área em que foi criado o Parque Nacional Grande Sertão Veredas, em Formoso, estão sendo iniciadas com a assinatura de convênio com a Funatura.

Em 2004 teve continuidade a instrução técnica do processo de registro da Linguagem dos Sinos nas Cidades Históricas Mineiras, pesquisa iniciada em São João Del Rey e retomada em 2003-4, nos municípios de Mariana, Ouro Preto e Catas Altas. Também teve continuidade o projeto Registro do Queijo do Serro – queijo artesanal de Minas Gerais, com uso do mesmo método de inventariação e com o apoio de estruturas do Governo estadual.

Com a colaboração do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, foi lançada a Cartilha de prevenção de incêndios em conjuntos históricos, e na Casa Setecentista, em Mariana, organizou-se a exposição Cruzes & Credos, com fotos de Júlio Toledo que retratam símbolos da tradição religiosa em cidades históricas mineiras. Na mesma ocasião, apresentou-se o conjunto de cordas da Polícia Militar.

Foram concluídas as obras de restauração arquitetônica e dos elementos artísticos das igrejas Nossa Senhora do Carmo, no Serro, e Nossa Senhora do Rosário, em Caeté, onde também terminou o trabalho de restauro do Museu Regional, mantendo-se em andamento a obra na Igreja Matriz do Bonsucesso.

Nas igrejas Nossa Senhora da Penha, no distrito de Vitoriano Veloso, em Prados, e Santana do Inhaí, em Diamantina, foi concluído o restauro de seus elementos artísticos. Ainda em Diamantina, devolveu-se à população, restaurada com recursos financeiros e humanos do IPHAN, a Capela de Nossa Senhora do amparo. A obra de restauração arquitetônica e elétrica da Biblioteca Antônio Torres também foi finalizada.

Concluiu-se, ainda, a obra de conservação arquitetônica do Museu do Ouro, em Sabará, levando-se a termo não só a restauração do bem imóvel, mas promovendo-se paralelamente ações de educação patrimonial e participação comunitária. Efetuou-se trabalho emergencial de conservação na Casa da Baronesa, sede do Iphan em Ouro Preto.

Unidades Vinculadas
3 Escritórios Técnicos:
Ouro Preto
Congonhas
Diamantina
Mariana
Serro
Tiradentes
São João Del Rey

Bens Protegidos

13 conjuntos urbanos, 162 edificações, 16 equipamentos urbanos, 2 paisagens naturais, 1 ruína, 7 bens integrados, 2 coleções e acervos e 1 documentação textual.

Patrimônio Mundial - Unesco
Cidade Histórica de Ouro Preto (1980), Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas do Campo (1985); Centro Histórico da Cidade de Diamantina (1999).


Ouro Preto
Congonhas do Campo
Diamantina
Saiba Mais
Agenda
Bancos de Dados
Bibliotecas do IPHAN
Blogs do IPHAN
Cadastro Nacional de Negociantes de Antiguidades e Obras de Arte
Concurso IPHAN
Editais e Seleções
Legislação
Links Patrimônio Cultural
Notícias
Perguntas Frequentes
Sistema Nacional do
Patrimônio Cultural
Transparência Pública
Redes Sociais