Publicações

  • Coleções - Cadernos de Memória

    Mestres Artífices - Pernambuco

    Autor: Andrea Zerbetto e Rodrigo Torres Edição: 2012 Páginas: 194

    Publicação: Iphan

    Um documento minucioso destinado a especialistas, estudantes e público em geral, relatando os hábitos presentes na vida de inúmeros cidadãos e das particularidades territoriais dispersas pelas regiões brasileiras. Mostra a diversidade e a complexidade de processos que retratam um conjunto de práticas culturais e se constituem em diferentes dimensões do nosso patrimônio cultural, material e imaterial. As técnicas construtivas tradicionais são as formas pelas quais vários exemplares do patrimônio edificado foram erguidos e se mantêm íntegros até hoje.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Patrimônio Cultural Imaterial: Para Saber Mais - Cartilha 2 - Salvaguarda de Bens Registrados Patrimônio Cultural do Brasil

    Autor: Iphan Edição: 2017 Páginas: 40

    Publicação: Iphan

    Nesta cartilha é apresentada a forma como o Iphan vem atuando com os bens culturais reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil, os chamados Bens Registrados. Mais especificamente, serão detalhadas as diretrizes, demonstrados os procedimentos e descritos os eixos de ação que conformam a atuação institucional. Seu objetivo principal é demonstrar como o Iphan, por meio da execução de ações de apoio e fomento, em conjunto com a sociedade civil e instituições parceiras, realiza a salvaguarda de bens Registrados.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Patrimônio Cultural Imaterial: Para Saber Mais

    Autor: Natália Guerra Brayner Edição: 2009 Páginas: 32

    Publicação: Iphan

    Esta publicação apresenta as diretrizes e instrumentos que norteiam e tornam possíveis as atividades de identificação, registro e salvaguarda do patrimônio imaterial. O Iphan pretende, também, promover uma reflexão crítica sobre essa política, de forma que todos os leitores percebam a importância da contribuição de cada um de nós, por meio da criatividade e do diálogo permanente, para o aperfeiçoamento dessas estratégias, instrumentos de salvaguarda e sua adequação aos contextos específicos de cada bem cultural.

  • Patrimônio Imaterial - Dossiês

    Dossiê 6 - Ofício das Baianas de Acarajé

    Autor: DPI/Iphan Edição: 2007 Páginas: 104

    Publicação: Iphan

    Este bem cultural de natureza imaterial, inscrito no Livro dos Saberes em 2005, consiste em uma prática tradicional de produção e venda, em tabuleiro, das chamadas comidas de baiana, feitas com azeite de dendê e ligadas ao culto dos orixás, amplamente disseminadas na cidade de Salvador, Bahia.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Os Sambas, As Rodas, Os Bumbas, Os Meus e os Bois (2003 - 2010) - 2ª Edição

    Autor: Rogério Menezes Edição: 2010 Páginas: 122

    Publicação: Iphan

    Esta publicação informa sobre os fundamentos e instrumentos da política de salvaguarda e da dimensão imaterial do Patrimônio Cultural Brasileiro, e presta contas dos resultados e desafios enfrentados. Com base na percepção da necessidade de diferentes estratégias de preservação para essas duas dimensões do patrimônio cultural foi possível buscar formas de salvaguarda adequadas à especificidade dos bens culturais imateriais. Essa adequação tem importantes implicações sociais, políticas e culturais, e vem atender à demanda por recohecimento das “formas de expressão e dos modos de criar, fazer e viver” como patrimônio cultural brasileiro. 

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Os Sambas, As Rodas, Os Bumbas, Os Meus e os Bois (1936 - 2006) - 1ª Edição

    Autor: Rogério Menezes Edição: 2006 Páginas: 36

    Publicação: Iphan

    Nesta publicação estão os fundamentos e instrumentos da Política de Salvaguarda e da dimensão imaterial do Patrimônio Cultural Brasileiro, destacando aspectos e gestos essenciais da nossa vida cotidiana que, com muitos outros, são objeto das políticas de preservação cultural. Os bens culturais imateriais - jongos, violas, círios e ofícios, e muitos outros - são bens vivos mantidos pelas pessoas que os praticam. Preservá-los é valorizar seu conhecimento e ação, e a salvaguarda desses bens está orientada para a valorização do ser humano, a garantia e a melhoria das condições sociais, culturais e ambientais que permitem sua permanência.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Registro do Patrimônio Imaterial - 4ª Edição

    Autor: Márcia G. de Sant´Anna Edição: 2006 Páginas: 140

    Publicação: Iphan/Ministério da Cultura

    Este trabalho apresenta o dossiê final das atividades da Comissão e Grupo de Trabalho Patrimônio Imaterial realizadas a partir da vigência do Decreto 3.551, de 4 de agosto de 2000, que instituiu o Registro dos Bens Culturais de Natureza Imaterial e criou o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI). Trata da construção e cultivo de uma noção sempre mais abrangente, mais realista, menos exclusivista e excludente do que sejam as heranças culturais brasileiras. Aponta para a inclusão, esse universo, não apenas de prédios, monumentos, marcos materiais, mas, também, das inumeras formas expressivas geradas ao longo dos séculos e produzidas, rotineira e cotidianamente, nos dias de hoje.

  • Patrimônio Material - Títulos Diversos

    Solar da Imperatriz

    Autor: Alda Heizer (organização) Edição: 2011 Páginas: 124

    Publicação: Jardim Botânico do Rio de Janeiro

    O livro sobre o Solar da Imperatriz, atual Escola Nacional de Botânica Tropical, é o resultado de pesquisa realizada por especialistas em diferentes áreas, e não esgota o tema proposto, ao contrário, abre caminhos para novas reflexões. Assim, esta obra pretende indicar possibilidades de desdobramentos futuros, apontar questões entre um passado não tão recente e a atualidade, tal como assinalar a importância de um monumento que é parte integrante do patrimônio material e imaterial do Brasil, mesclando história, arquitetura, paisagismo, restauração e biodiversidade para assinalar a importância da edificação.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Prêmio Teatro de Bonecos Popular do Nordeste

    Autor: Departamento de Patrimônio Imaterial Edição: 2016 Páginas: 80

    Publicação: Iphan

    O Brasil é o único país das Américas que apresenta um patrimônio com feitio de tradição teatral encenada com bonecos e realizada por artistas populares. Artistas estes que pela vultuosidade de sua atuação são reconhecidos como mestres. Embora o mestre bonequeiro seja o protagonista desta forma de expressão, a performance nunca é solitária: por detrás de suas toldas, os bonecos ganham alma e personalidade em suas mãos e também se tornam protagonistas da cena, demonstrando a intrínseca relação entre bonequeiro e boneco e o modo como a “brincadeira” é, na verdade, uma devoção.

  • Patrimônio Imaterial - Dossiês

    Dossiê 10 - Matrizes do Samba no Rio de Janeiro

    Autor: Iphan Edição: 2014 Páginas: 204

    Publicação: Iphan

    Neste Dossiê - produzido a partir de trabalho realizado no Rio de Janeiro, em 2006 - estão textos e documentos que reforçam a importância do bem registrado pelo Iphan, como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro.  O Centro Cultural Cartola analisou os variados estilos de samba no Rio de Janeiro, que se originaram nas tradicionais reuniões musicais na casa da Tia Ciata, no Estácio, nas escolas de samba, blocos, morros, ruas e quintais cariocas. De música marginalizada, o samba passou a símbolo nacional devido e esta trajetória cultural e histórica é apresentada pelo Iphan, em mais uma publicação que está à disposição do público. 

Registros encontrados: 42

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin