Patrimônio Imaterial - RO

O Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL) da Língua Ayuru foi realizado pelo Iphan - Rondônia em parceria com o Centro de Documentação Permanente de Línguas e Culturas Indígenas da Amazônia do Museu Paraense Emílio Goeldi. O inventário da língua wayoro (ayuru, ajuru) da família Tupari, tronco Tupi, teve como área de estudo a Terra Indígena (TI) Guaporé, também chamada Posto Ricardo Franco, no sul do Estado. 

O INDL é o instrumento oficial de reconhecimento de línguas como patrimônio cultural criado para estimular a pesquisa das línguas e reconhecê-las como patrimônio cultural. Por meio do INDL, é feito o mapeamento, caracterização e diagnóstico das diferentes situações relacionadas à pluralidade linguística brasileira. Para que uma língua seja incluída nesse inventário é necessário, antes de tudo, produzir conhecimento sobre ela, documentar seus usos e realizar um diagnóstico sobre as suas condições de vitalidade.

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin