Patrimônio Arqueológico - RO

O Iphan cadastrou 403 sítios arqueológicos, no Estado de Rondônia, até dezembro de 2014. O vasto legado arqueológico encontrado comprova que a ocupação portuguesa registrada, a partir do século XVII, impactou fortemente os grupos indígenas que povoavam essa região. 

Em 2012, o Instituto aprovou a retirada de 16 blocos rochosos contendo arte rupestre do tipo gravura, da Usina Hidrelétrica de Jirau (UHE), que passaram a pertencer ao acervo do museu a céu aberto criado no distrito de Nova Mutum, em Porto Velho (RO). Os blocos representam uma amostragem da arte rupestre amazônica e, expostos de forma musealizada, alcançarão uma gama infindável de turistas e pesquisadores. Os interessados terão a possibilidade de visualizar as gravuras por meio de modelagens e reconstituições virtuais. 

Em Rondônia, destaca-se o Sítio Arqueológico Mirante, localizado no município de Presidente Médici (RO), que possui alta densidade de sítios caracterizados como habitação lito-cerâmicos e de grafismos rupestres bastante diversificados. Acredita-se que a área foi densamente ocupada e utilizada como refúgio e trânsito entre diferentes ambientes, segundo as teorias que apontam a região como o centro de dispersão dos povos Tupi, que circulavam por todo o Brasil. Mais de 46 sítios lito-cerâmicos e 14 de gravuras rupestres foram encontrados nas áreas dos rios Machado, Molim, Leitão e Riachuelo.

Sítio Arqueológico Mirante - Presidente Médici (RO)

  • RO_ARQ_Oficina_litica_em_Rondonia
    Oficina lítica encontrada no Sítio Arqueológico Mirante (distrito de Nova Riachuelo em Presidente Médici) indica uso de instrumentos
  • RO_ARQ_Arte_Rupestre_Medici
    Arte rupestre em baixo relevo no Sítio Arqueológico Mirante (distrito de Nova Riachuelo em Presidente Médici)
  • RO_ARQ_Arte_Rupestre_Rondonia
    Arte rupestre no Sítio Arqueológico Mirante, localizado em Nova Riachuelo - distrito do município de Presidente Médici
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin