Patrimônio Arqueológico - RS

A pesquisa arqueológica é uma tradição no Rio Grande do Sul, o que garantiu ao Estado a posição de liderança no registro dos sítios. São 3.263 sítios cadastrados no Iphan e merece destaque, também, a atuação do Instituto Anchieta de Pesquisas da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) que, há mais de 50 anos, realiza pesquisas teóricas e escavações. Diversas outras universidades atuam na área e oferecem cursos de graduação e pós-graduação.  

No início dos anos 2000, o Iphan promoveu as escavações e a construção do Laboratório de Arqueologia no Sítio de São Miguel Arcanjo, além de atualizar o Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos (CNSA), facilitando o acesso público à informação. Resultado de numerosas escavações, mais de 40 mil fragmentos integram o acervo arqueológico nas Missões Jesuíticas. Uma delas, a da fonte em São Miguel das Missões, permitiu encontrar vestígios do aproveitamento hídrico no período colonial, resultando na implantação de um parque urbano pela prefeitura da cidade.

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin