Medalha Mário de Andrade homenageia catarinenses e seus feitos pelo patrimônio brasileiro

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como parte das comemorações dos seus 80 anos, fez entrega da Medalha Mário de Andrade, em reconhecimento a personalidades que estiveram junto ao Instituto na jornada pela preservação do Patrimônio Cultural do Brasil. A cerimônia de homenagem ocorreu nesta terça-feira, 12 de dezembro, às 14h30, na sede do Iphan Santa Catarina.

Receberam a honraria os arquitetos Dalmo Vieira, Fátima Althoff e Isabel Kanan. A Medalha Mário de Andrade é um reconhecimento do Iphan pelo trabalho de destaque de seus companheiros de caminhada. O trabalho dos arquitetos foi fundamental para a preservação de bens de Santa Catarina, como o Museu do Mar, o sítio arqueológico do Campeche, a paisagem cultural de imigração em SC.

Desde outubro, a Medalha Mário de Andrade vem sendo concedida a diversas personalidades e instituições brasileiras, como agradecimento e reconhecimento oferecido a esses parceiros, por seu notório apoio na promoção e proteção dos bens culturais do Brasil, de modo a garantir sua permanência e usufruto para as gerações atuais e futuras; no incentivo à continuidade dos trabalhos do Iphan; e nas ações que enaltecem e valorizam a riqueza cultural brasileira.

 

Os agraciados

Dalmo Vieira - Arquiteto e urbanista da Universidade Federal do Paraná (UFPR), é professor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Entrou no Iphan em 1988, onde já atuou como superintendente de Santa Catarina e diretor de Patrimônio Material. Trabalhou na direção da Fundação Catarinense de Cultura, Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e a Superintendência do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Foi Representante titular do Ministério da Cultura MinC/IPHAN no Conselho Nacional de Meio Ambiente – CONAMA e no Conselho Nacional de Turismo. Ex-Presidente do Comitê Brasileiro do ICOMOS-Unesco. É idealizador do Museu Nacional do Mar, em São Francisco, e dos Roteiros Nacionais de Imigração em Santa Catarina, que envolvem dezesseis municípios do estado.

Fátima Regina Althoff – Cursou arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Tem especialização em Conservação e Restauração de Monumentos e Conjuntos Históricos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Mestrado em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É, hoje, gestora da Fundação Catarinense de Cultura. 

Maria Isabel Kanan - Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela UFRGS (1976), mestrado em “Architectural Conservation Studies” – University of York/ ING (1992), doutorado em “Science of Conservation” – Bournemouth University – ING (1995) e foi pesquisadora no Getty Conservation Institute, Los Angeles, USA de 2001 a 2002. Trabalhou no Iphan por vários anos, até 2009. Atualmente é arquiteta pesquisadora independente, ministrando cursos em programas de pós-graduação, no CECRE, onde leciona desde 1996 e em vários outros programas. Tem experiência na área de conservação e restauração, capacitação de equipes de obras e profissionais, tecnologias de terra e cal. É membro do comitê internacional de terra do ICOMOS (ISCEAH), onde coordena o grupo de pesquisa paisagem cultural.

 

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br
Fernanda Pereira – fernanda.pereira@iphan.gov.br 
Helena Brandi – helena.brandi@iphan.gov.br
(61) 2024-5511- 2024-5526
(61) 99381-7543
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr 
www.twitter.com/IphanGovBr 
www.youtube.com/IphanGovBr 

Medalha Mário de Andrade em Santa Catarina 2018 (SC)

  • SC_Eventos_Medalha4
    Entrega da Medalha em SC
  • SC_Eventos_Medalha3
    Entrega da Medalha em SC
  • SC_Eventos_Medalha2
    Entrega da Medalha em SC
  • SC_Eventos_Medalha1
    Entrega da Medalha em SC
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin