Conjunto Ferroviário Marcílio Dias dará lugar a centro cultural em Canoinhas (SC)

Conjunto Ferroviário Marcílio DiasO Conjunto Ferroviário de Marcílio Dias, localizado em Canoinhas (SC), passará por obras de restauração e implantação de melhorias em breve. A iniciativa é do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e é financiada pelo Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDD). O investimento total na requalificação é de R$ 2,3 milhões.

A restauração das edificações do conjunto ferroviário possibilitará o desenvolvimento de projetos culturais por parte da Prefeitura Municipal de Canoinhas, detentora da cessão dos imóveis. Com isso, o local ficará a serviço tanto da comunidade quanto de turistas. Estão previstos projetos de restauro e intervenções complementares (comunicação e lógica, elétrico, hidrossanitário, instalação de Gás e prevenção e combate a incêndios).

O Conjunto Ferroviário de Marcílio Dias

O Conjunto ferroviário de Marcílio Dias está inscrito na Lista do Patrimônio Cultural Ferroviário do Iphan no âmbito da Lei 11.483/2007. Ele é formado por três edificações: a estação de passageiros, o terminal de cargas e o restaurante, todos alinhados paralelamente aos trilhos. O conjunto reúne edificações construídas com duas técnicas construtivas: a alvenaria autoportante do edifício de cargas e a estrutura autônoma de madeira do terminal de passageiros e do restaurante.

Sobre o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos

Coordenado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, o FDD reúne recursos provenientes de condenações judiciais, multas e indenizações para a reparação de danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico. Entendidos como reparação à ordem econômica e outros interesses difusos e coletivos, esses valores são, então, destinados a projetos de órgãos públicos e entidades civis, selecionados a partir de decisão do Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos. Em 2019, o Iphan pleiteou a aprovação de diversas ações, tendo sido selecionados, até o momento, 21 projetos, que somam recursos de R$ 91,1 milhões em investimentos para oito estados brasileiros: Alagoas, Amazonas, Bahia, Maranhão, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan

comunicacao@iphan.gov.br
Taís Coutinho Arruda – tais.arruda@iphan.gov.br
(61) 2024-5535 / 5504 / 5516
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin