Patrimônio Mundial - SE

Inscrita na lista do Patrimônio Mundial da Unesco, em 2010, a Praça São Francisco, em São Cristóvão, é um conjunto integrado por edifícios públicos e privados que representam o testemunho único do período durante o qual as coroas de Portugal e Espanha estiveram unidas, entre 1580 e 1640. A Praça é mesmo uma representação do elo entre as então monarquias, pois reúne os padrões de ocupação do solo seguidos por Portugal e as normas definidas para cidades estabelecidas pela Espanha. 

A Coroa Espanhola uniu os dois reinos, entre 1580 a 1640, pois quando morreu o Rei Sebastião de Portugal, em 1578, foi Felipe II, da Espanha, quem o sucedeu. Assim, pelo período de 60 anos, todo o território da América do Sul tornou-se parte do mundo hispânico. Em 1640, quando os portugueses, no reinado de D. João IV, recobraram sua independência, recusaram-se a abandonar as terras ocupadas e colonizadas a oeste da linha original de Tordesilhas. O entorno da Praça abriga a Igreja de Misericórdia, o Palácio Provincial e Casario Antigo, Igreja e Convento de São Francisco, a Capela da Ordem Terceira, que abriga o Museu de Arte Sacra, a Santa Casa, o Museu de Sergipe e a Casa do Folclore Zeca de Noberto.

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin