Comitê Técnico discutirá candidatura de fortificações a Patrimônio Cultural Mundial

Essa será a sétima reunião realizada, desde dezembro de 2018, para debater o tema

Fortaleza Santo Amaro da Barra GrandeElaborar um documento para subsidiar o dossiê do Conjunto de Fortificações do Brasil, candidato ao título de Patrimônio Cultural Mundial, é a meta do Comitê Técnico Estadual em São Paulo. O grupo volta a se reunir, na próxima quinta-feira, dia 04 de julho, na Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em São Paulo (Iphan-SP). Esse será o sétimo encontro realizado no estado, desde que o comitê foi instituído em setembro do ano passado.

O objetivo desses encontros, realizados uma vez ao mês, é conduzir o processo de candidatura de forma a garantir um alinhamento de informações entre os membros do comitê.

Desta vez, o debate sobre o tema contará com a presença de estudantes universitários. Na oportunidade, os alunos, convidados pelos integrantes do comitê para acompanhar o trabalho referente à candidatura das fortificações à titulação conferida pela Unesco, irão apresentar o resultado de alguns estudos desenvolvidos no meio acadêmico.

Além da discussão e do relato de algumas propostas, a programação inclui ainda uma roda de conversa e a apresentação de projeto de educação patrimonial. O Comitê Técnico é composto por representantes do Iphan-SP, da Academia de História Militar Terrestre do Brasil, da Fundação Cultural Exército Brasileiro, da Agência Metropolitana da Baixada Santista, do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (CONDEPHAAT), de instituições de ensino superior e das prefeituras de Bertioga, Guarujá, São Vicente e Santos.

Forte São João de BertiogaCandidatura a Patrimônio Mundial

Dos 19 elementos que compõem o Conjunto de Fortificações, dois estão localizados em São Paulo: a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande (Guarujá) e o Forte de São João (Bertioga). Os demais estão situados em outros 9 estados brasileiros.

O Conjunto de Fortificações do Brasil, presente na Lista Indicativa brasileira a Patrimônio Mundial da UNESCO, representa as construções defensivas implantadas no território nacional, nos pontos que serviram para definir as fronteiras marítimas e fluviais do País. Os bens do Patrimônio Cultural foram selecionados entre dezenas de fortificações luso-brasileiras que marcam a ação no estabelecimento da cultura nacional.

Serviço:
7ª Reunião do Comitê Técnico de Fortificações de São Paulo

Data: 04 de julho de 2019, às 14h30.
Local: Superintendência do Iphan em São Paulo – Avenida Angélica 626, Santa Cecília.

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan

comunicacao@iphan.gov.br
Carlos Balbino – carlos.balbino@iphan.gov.br
(61) 2024-5513 / 2024-5527
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin