Principal » Bens Tombados e Registrados » Bens Registrados » O toque dos Sinos em Minas Gerais
- A +
O toque dos Sinos em Minas Gerais

Toque dos Sinos em Minas Gerais - tendo como referência São João Del Rei e as cidades de Ouro Preto, Mariana, Catas Altas, Congonhas do Campo, Diamantina, Sabará, Serro e Tiradentes - constitui uma forma de expressão que associa os sinos, o espaço onde estão instalados – as torres-, os sineiros e a comunidade que os ouve em um processo de codificação e decodificação de mensagens há muito tempo transmitidas nas cidades de Minas Gerais.

Essa forma de expressão, que associa a estrutura dos toques à ocasião religiosa em que devem ser tocados, contribui para o agenciamento de formas de sociabilidade, originalmente, relacionados à vida religiosa daquelas comunidades, mas que, hoje, ultrapassa essa dimensão, abrangendo sentidos e significados relacionados à sua identidade cultural. O Toque dos Sinos em Minas Gerais foi inscrito no Livro das Formas de Expressão, em 2009.

É produzido pela percussão dos sinos das igrejas católicas, para anunciar rituais religiosos e celebrações, como festas de santos e padroeiros, Semana Santa, Natal, casamentos, batizados, atos fúnebres e marcação das horas, entre outras comunicações de interesse coletivo. Essa prática, reiterada cotidianamente, especialmente em São João del Rei, tem sido sustentada por irmandades religiosas leigas, que se constituíram junto a essas cidades durante o ciclo do ouro, e que se responsabilizam, desde então, pelos ofícios litúrgicos oferecidos à população, dentre estes, o de tocar os sinos.

Onde as irmandades deixaram de existir, o toque dos sinos ainda se mantém como atividade afetiva, lúdica e devocional de sineiros voluntários, pois, em geral, não há envolvimento da Igreja com o toque dos sinos. Em contrapartida, naquelas cidades onde a presença desses sodalícios foi maior, o enraizamento da prática sineira é mais forte. Particularmente em São João del Rei e em Ouro Preto, ainda se conservam diversos toques que existiam em antigas vilas e cidades da América portuguesa, atestando a continuidade histórica de suas expressões na memória coletiva das comunidades identificadas, que ainda hoje são capazes de decodificar a linguagem dos sinos e de entender seus significados. Leia mais

No Banco de Dados dos Bens Culturais Registrados estão disponíveis os documentos contendo todas as informações sobreToque dos Sinos em Minas Gerais (legislação, dossiê, fotografias, vídeos, músicas, pareceres técnicos e jurídi-cos dos processos desse bem cultural imaterial).

Mais Informações
Toque dos Sinos em Minas Gerais
Parecer  
Certidão
Dossiê Toque dos Sinos em Minas Gerais

Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais
Cidade Administrativa de Minas Gerais
Prédio Gerais, 5º Andar
Rodovia Prefeito Américo Gianetti, S/N, Bairro Serra Verde

CEP 31630-901 - Belo Horizonte/MG
Tel.: (31) 3915-2677/2667/2700
E-mail: secretariasgabinete@cultura.mg.gov.br
www.cultura.mg.gov.br

Superintendência do IPHAN - MG
Rua Januária, nº 130, Centro
CEP 30110-055 - Belo Horizonte/ MG
Tels.: (31) 3222.2440/3051/2945/8586 e 3224.0096
Fax: (31) 3213.4426
E-mail: iphan-mg@iphan.gov.br

Associação dos Sineiros de Ouro Preto (Assop)
E-mail: asopouropreto@gmail.com
Blog: http://www.sinosdeouropreto.blogspot.com.br/
Skype: asop.sino


Saiba Mais
Agenda
Bancos de Dados
Bibliotecas do IPHAN
Blogs do IPHAN
Cadastro Nacional de Negociantes de Antiguidades e Obras de Arte
Concurso IPHAN
Editais e Seleções
Legislação
Links Patrimônio Cultural
Notícias
Perguntas Frequentes
Sistema Nacional do
Patrimônio Cultural
Transparência Pública
Redes Sociais