Principal » Notícias » Ministro Juca Ferreira conhece ações do Iphan no Recôncavo baiano
- A +
Ministro Juca Ferreira conhece ações do Iphan no Recôncavo baiano
 
11/05/2015

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, e a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Jurema Machado, visitam esta semana Santo Amaro da Purificação e Cachoeira, municípios do Recôncavo baiano, para promover mais uma etapa da Caravana da Cultura, que busca estreitar laços e ouvir demandas de artistas e gestores culturais. É a quinta edição da Caravana, iniciativa do Ministério da Cultura, que já passou pelas cidades de Nova Olinda, Crato, Fortaleza (CE), São Luís (MA), Salvador (BA), Belo Horizonte e Contagem (MG).

A programação começa na terça-feira (12), com um almoço em Cachoeira, cidade que preserva um dos mais importantes patrimônios históricos do Recôncavo baiano e cujo conjunto arquitetônico e paisagístico foi tombado pelo Iphan, em 21 de setembro de 1971. Às 14h30, a Comitiva visita o Terreiro Zogbodo Male Bogun Seja Unde, também conhecido como Roça do Ventura, o mais novo bem considerado Patrimônio Cultural do Brasil. Responsável pela preservação de uma das tradições religiosas de matriz africana, da liturgia do candomblé de nação Jeje-Mahi originaria nos cultos às divindades chamadas Vodum, a casa de candomblé tem fundamental importância na conformação da rede de terreiros do Recôncavo baiano e, sobretudo, para a formação histórica do candomblé como uma instituição religiosa.

Na sequência, haverá uma visita ao casarão construído no século XVIII, localizado na rua Benjamin Constant. O imóvel, que foi comprado e reformado pelo Iphan, será cedido para a prefeitura de Cachoeira, que o utilizará como sede de áreas administrativas. Depois, a Caravana segue para conhecer o Quarteirão Colombo, onde pretende-se implantar uma nova unidade do Campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB, que abrigará o Curso de Arquitetura e Urbanismo com ênfase na preservação e restauro do patrimônio. Os imóveis já se encontram desapropriados pela Prefeitura Municipal e dependem, ainda, da captação dos recursos para a execução do projeto.

Às 17 horas, consta no programa, um encontro no Cine Theatro Cachoeirano, que foi totalmente restaurado e equipado pelo Iphan. No local, a presidente do Iphan, Jurema Machado, fará uma apresentação sobre as ações que estão sendo executadas pelo instituto na região do Recôncavo baiano. De 2008 a 2015, o Iphan realizou investimentos significativos em obras de conservação e restauração em Salvador, Santo Amaro da Purificação, Cachoeira e Maragogipe, além do tombamento do conjunto urbanístico e paisagístico da cidade de São Félix, do Terreiro Zogbodo Male Bogun Seja Unde (Roça do Ventura), da Festa do Bonfim, como Patrimônio Imaterial Nacional, e da Roda de Capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco.

A noite, Juca Ferreira e equipe participam de um jantar com a presença do secretário de Cultura da Bahia, Jorge Portugal, do artista Carlinhos Brown e do presidente do Olodum, João Jorge Rodrigues. Na pauta, a criação de um circuito afro no Carnaval de Salvador.
 
Santo Amaro da Purificação
 Na quarta-feira, a Caravana da Cultura viaja para Santo Amaro da Purificação, que será contemplado com recursos do PAC Cidades Históricas, no total de 31 milhões de reais. O Iphan já realizou licitação para contratação de projetos executivos e a restauração da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Purificação, da antiga Casa de Câmara e Cadeia, do mercado e requalificação da Feira Bembé do Mercado, da Igreja do Rosário, do Arquivo Público, da Igreja do Amparo e da antiga fábrica Trzan, onde será implantado um Campus da UFRB.
 
O primeiro compromisso será uma visita à Casa do Samba, instalada em uma mansão do século XIX, que foi restaurada e inaugurado em 2007 pelo Iphan com a missão de preservar o Samba de Roda. Essa manifestação cultural, enraizada, sobretudo, no Recôncavo baiano, no ano de 2014 completou 10 anos do reconhecimento como Patrimônio Cultural do Brasil.
 
O almoço, com autoridades e artistas locais, acontecerá na Casa de Dona Canô, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia, falecida em 2012. Depois, a comitiva visita o Centro de Estudos Culturais de Santo Amaro, ligado à UFRB.
 
Às 16h30, Juca Ferreira e equipe participam de roda de conversa com artistas, produtores, gestores e fazedores de cultura da região, no Teatro Dona Canô. As rodas de conversa, realizadas em todas as Caravanas da Cultura, fazem parte de uma estratégia da atual gestão de fortalecer a participação social na discussão de temas culturais relevantes e na produção de políticas públicas do setor.
 
À noite, na Câmara de Vereadores, haverá a posse do Conselho Gestor do Bembé do Mercado, considerado o único candomblé de rua do mundo, para comemorar a Abolição da Escravatura em 13 de maio de 1888. Tombado  em 2012 como Patrimônio Imaterial da Bahia, o Bembé acontece desde 1889 em praça pública e tem seu ápice com a entrega de presente à Mãe d’Água. No evento, também ocorrerá a posse do novo diretor-geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), João Carlos de Oliveira. A programação da Caravana da Cultura no Recôncavo Baiano, se encerra às 21 horas, com a celebração religiosa no Barracão, no Largo do Mercado.



Saiba Mais
Agenda
Bancos de Dados
Bibliotecas do IPHAN
Blogs do IPHAN
Cadastro Nacional de Negociantes de Antiguidades e Obras de Arte
Concurso IPHAN
Editais e Seleções
Legislação
Links Patrimônio Cultural
Notícias
Perguntas Frequentes
Sistema Nacional do
Patrimônio Cultural
Transparência Pública
Redes Sociais