Sítio Roberto Burle Marx, candidato a Patrimônio Mundial, recebe visita do Icomos

Visita do Icomos ao Sítio Roberto Burle Marx

O Sítio Roberto Burle Marx, em Barra de Guaratiba, Rio de Janeiro (RJ), avança mais um passo na candidatura a Patrimônio Mundial. Nesta semana, entre os dias 22 e 24 de janeiro, o local recebeu a visita de especialistas do Conselho Internacional de Monumentos e Sítos (Icomos), órgão assessor da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). As arquitetas e paisagistas Mónica Luengo, espanhola, e Maria Cristina Castel-Branco, portuguesa, realizaram uma jornada de assessoramento com o propósito de auxiliar o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no processo de candidatura do sítio a Patrimônio Mundial.

Essa foi a primeira visita das técnicas do Icomos ao Sítio Roberto Burle Marx, desde que a propriedade passou a integrar a lista indicativa de candidaturas brasileiras a Patrimônio Mundial. As especialistas se mostraram impressionadas com a extraordinária coleção botânico-paisagística do local, e suas mais de 3.500 espécies de plantas tropicais cultivadas. “Elas viram com os próprios olhos a exuberância e a genialidade do pensamento e obra de Burle Marx, sintetizadas ali, em seu laboratório. Encerramos essa jornada otimistas quanto à candidatura do Sítio Roberto Burle Marx”, destaca Marcelo Brito, diretor do Departamento de Cooperação e Fomento do Iphan.

A próxima etapa, prevista para setembro, é a entrega do dossiê preliminar para revisão da Unesco. Até o final do ano, o Iphan deve apresentar o dossiê definitivo. Se o documento for aprovado, o sítio deve receber nova visita de especialistas, para uma missão de avaliação. A expectativa é que o sítio seja reconhecido como Patrimônio Mundial, ainda em 2020.

Visita do Icomos ao Sítio Roberto Burle Marx

Critérios de reconhecimento

O sítio representa a ruptura de Burle Marx na história do paisagismo, ao reinventar o conceito de jardins tropicais, uma inovação em relação à tradição de jardins clássicos e românticos do século XIX e início do XX. A integração entre arte, cultura e paisagem salta aos olhos de quem passeia pela antiga residência e ateliê do paisagista, testemunho de seus experimentos e de sua obra.

No local, tombado pelo Iphan desde 1985, funciona atualmente um museu e um Centro de Estudos de Paisagismo, Botânica e Conservação da Natureza. Abriga sete edificações, cinco espelhos d’água e um acervo museológico de mais de três mil itens.

O dossiê de candidatura do Sítio Roberto Burle Marx como Patrimônio Mundial deverá expressar os atributos que configuram o seu valor universal excepcional. O sítio é um testemunho do intercâmbio de valores humanos, um exemplo representativo do paisagismo moderno e do pioneirismo de Burle Marx na preservação ambiental.

O reconhecimento como Patrimônio Mundial anseia mais do que visibilidade dentro e fora do Brasil. Seu propósito é a promoção, fomento e fortalecimento da gestão do sítio. “O seu papel enquanto espaço de pesquisa, investigação, estudos, experimentação das iniciativas empreendidas por Roberto Burle Marx, deve assim, se fortalecer”, conclui Marcelo Brito.

Formação em paisagismo

Após a visita de campo, a jornada se encerrou com um debate no Centro Lucio Costa de Formação em Gestão do Patrimônio, no centro do Rio de Janeiro. Como desdobramento dos estudos que a instituição está promovendo no Sítio Roberto Burle Marx, o Iphan planeja oferecer, no Centro, oportunidades de formação na área de arquitetura da paisagem.

 

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan

comunicacao@iphan.gov.br
Fernanda Pereira – fernanda.pereira@iphan.gov.br 
Helena Brandi – helena.brandi@iphan.gov.br
(61) 2024-5526 - 2024-5513 - 2024-5531
(61) 99381-7543
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr
www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Sítio Roberto Burle Marx - Rio de Janeiro (RJ)

  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Entrada da casa no Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio realiza seminários de educação ambiental voltados aos projetos educativos das escolas da região de Guaratiba
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Burle Marx residiu no Sítio a partir de 1973. Após sua morte, a residência transformou-se no Museu-Casa de Burle Marx em agosto de 1999
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Burle Marx doou a propriedade ao Iphan. O artista, falecido em 1994, não presenciou o tombamento integral do Sítio, em 2000
  • RJ_RIO_DE_JANEIRO_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx, a botânica como obra de arte.
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio Roberto Burle Marx, com as coleções botânica-paisagística, artística, arquitetônica e biblioteconômica, é reconhecido como patrimônio cultural brasileiro desde 1985
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Flor Heliconia hirsuta burle marxii
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio é reconhecido como uma das mais importantes coleções de plantas vivas existentes no mundo, testemunho das profundas alterações sofridas pela natureza no país
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Burle Marx iniciou a coleção ainda menino, aos seis anos de idade e continuou até o término de sua vida
  • RJ_RIO_DE_JANEIRO_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx, a botânica como obra de arte.
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Capela do Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Burle_Marx2
    Sítio Roberto Burle Marx
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Residência de Burle Marx de 1973 até 1994, o sítio é hoje uma unidade especial vinculada ao Iphan
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sitio possui 3.500 espécies de plantas, entre as quais exemplares únicos das famílias Araceae, Bromeliaceae, Cycadaceae, Heliconiaceae, Marantaceae, Palmae e Velloziaceae
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sitio tem uma área de mais de 400 mil metros quadrados, onde está reunida uma das mais importantes coleções de plantas tropicais e semitropicais do mundo
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Burle Marx tinha a intenção de preservar suas experiências e criar uma escola de paisagismo, botânica e artes em geral, e transmitir o seu principal legado: saber fazer jardins
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Ao longo do ano são realizadas diversas atividades culturais como concertos, jornadas, exposições; recebe escolas e grupos para as visitas mediadas
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Jardim Interno - Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Estufa do Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Além do paisagismo dos jardins e coleções de plantas, dispõe de um importante acervo museológico e bibliográfico
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx.
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Detalhe Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx.
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx_Jardim
    Os jardins do Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx reúne um rico acervo botânico com espécies raras de várias localidade da Terra
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio se destaca pela beleza e variedade paisagística
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Flor Calathea burle marxii
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Como paisagista, Burle Marx executou mais de dois mil projetos, dentre os quais os de maior expressão pública na cidade do Rio de Janeiro
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    É reconhecido como patrimônio cultural brasileiro desde 1985, data em que o arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx doou a propriedade ao Iphan
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio possui uma de plantas, entre as quais exemplares únicos como das famílias Araceae, Bromeliaceae, Cycadaceae, Heliconiaceae
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio reunida algumas das mais importantes coleções de plantas tropicais e semitropicais do mundo
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    O Sítio possui viveiros e jardins, ao ar livre, a coleção apresenta mais de 3.500 espécies de plantas
  • RJ_Rio_de_Janeiro_Sitio_Roberto_Burle_Marx
    Sítio Roberto Burle Marx no Rio de Janeiro (RJ)
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin