Patrimônio Mundial, Cultural e Natural

Mosaico

De acordo com a Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural, elaborada na Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em Paris (França), em 1972, e ratificada pelo Decreto no. 80.978, de 12 de dezembro de 1977. O patrimônio cultural é composto por monumentos, conjuntos de construções e sítios arqueológico, de fundamental importância para a memória, a identidade e a criatividade dos povos e a riqueza das culturas.

A Convenção definiu também que o Patrimônio Natural é formado por monumentos naturais constituídos por formações físicas e biológicas, formações geológicas e fisiográficas, além de sítios naturais. Nele a proteção ao ambiente, do patrimônio arqueológico, o respeito à diversidade cultural e às populações tradicionais são objeto de atenção especial.

Nesse sentido, a  Lista de Patrimônio Mundial reside na conformação de um patrimônio comum, partilhado entre todos os países. Sua constituição é o resultado de um processo onde os países signatários da Convenção indicam bens culturais e naturais a serem avaliados. Tais sugestões contemplam a chamada Lista Indicativa, que é um inventário usado como instrumento de planejamento para preparação de candidaturas.

As informações sobre cada candidatura são avaliadas por organismos técnicos consultivos, segundo a natureza do bem em questão, e a aprovação final é feita anualmente pelo Comitê do Patrimônio Mundial, integrado por representantes de 21 países. 

Manual - Para dar maior visibilidade aos sítios brasileiros declarados Patrimônio Mundial, em 2013, o Iphan e UNESCO no Brasil lançaram o Manual de Sinalização do Patrimônio Mundial no Brasil – Orientações Técnicas para Aplicação. O objetivo da publicação é estimular gestores e comunidades locais a adotarem a identidade visual do Patrimônio Mundial na sinalização dos sítios culturais, naturais e mistos do país, valorizando assim a sua condição especial de detentores do título internacional concedido pela Unesco. 

Leia mais 

Brasília (DF)
Centro Histórico de Goiás (GO)
Centro Histórico de Diamantina (MG)
Centro Histórico de Ouro Preto (MG)
Centro Histórico de Olinda (PE)
Centro Histórico de São Luís (MA)
Centro Histórico de Salvador (BA)
Complexo de Áreas Protegidas do Pantanal (MT/MS)
Complexo de Conservação da Amazônia Central (AM)
Costa do Descobrimento: Reservas da Mata Atlântica (BA/ES)
Conjunto Moderno da Pampulha - Belo Horizonte (MG)
Ilhas Atlânticas: Fernando de Noronha e Atol das Rocas (PE/RN)
Missões Jesuíticas Guaranis - no Brasil, ruínas de São Miguel das Missões (RS)
Parque Nacional Serra da Capivara (PI)
Parque Nacional do Iguaçu (PR)
Praça São Francisco, na cidade de São Cristóvão (SE)
Reservas da Mata Atlântica (PR/SP)
Reservas do Cerrado: Parques Nacionais da Chapada dos Veadeiros e das Emas (GO)
Rio de Janeiro, paisagens cariocas entre a montanha e o mar (RJ)
Santuário do Bom Jesus de Matozinhos - Congonhas (MG)

 

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin