Grupo de Trabalho Interdepartamental para Preservação do Patrimônio Cultural de Terreiros (GTIT)

Grupo de Trabalho Interdepartamental para Preservação do Patrimônio Cultural de Terreiros (GTIT)O GTIT atua na preservação do patrimônio cultural de bens relacionados aos povos e comunidades tradicionais de matriz africana, e foi instituído pela Portaria Iphan nº 489, de 19 de novembro de 2015. É composto por técnicos de Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização (Depam), Departamento de Patrimônio Imaterial (DPI), Departamento de Articulação e Fomento (DAF), e das Superintendências do Iphan nos estados.  

Este Grupo de Trabalho surgiu devido à necessidade de fortalecimento das políticas de preservação da riqueza e diversidade de tradições que compõem um universo cultural tão relevante e da crescente demanda de identificação e proteção desse patrimônio. Em todas as regiões brasileiras, os terreiros são testemunhos da resistência cultural e tidos como espaços sagrados para esses povos e comunidades.

Leia mais

Atribuições do GTIT
Ações e Resultados
Portaria Iphan  188, de 18 de maio de 2016 - Ações de Preservação
Portaria Iphan 194, de 18 de maio de 2016 - Diretrizes e Princípios
Portaria Iphan nº 489, de 19 de novembro de 2015
Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana 2013-2015
Terreiros Tombados

Vídeos - Capacitações e Palestras

 

 

 

 

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin