Ficha Técnica: Sentidos e relações em torno de práticas de salvaguarda da capoeira

 

DISSERTAÇÃO: Sentidos e relações em torno de práticas de salvaguarda da capoeira

Como citar: AMARAL, Marília. Sentidos e relações em torno de práticas de salvaguarda da capoeira, 2019. 132 fls. Dissertação (Mestrado em Preservação do Patrimônio Cultural) - IPHAN, Rio de Janeiro, 2019.

Autora:

 Marília Amaral

Unidade de desenvolvimento das práticas profissionais:

 Departamento de Patrimônio Imaterial - DPI

Orientador:

 Rogério Proença de Sousa Leite

Supervisora das práticas supervisionadas:

 Rívia Ryker Bandeira de Alencar

Banca examinadora:

 Rogério Proença de Sousa Leite (Presidente)

 Renata de Sá Gonçalves - Universidade Federal Fluminense (UFF) 

 Hilário Figueiredo Pereira Filho - PEP/MP

Data da defesa:

 26 de abril de 2019

Resumo: Esta dissertação trata da problematização referente ao que seria salvaguardar a capoeira e da contribuição ou papel do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) acerca disso, após o reconhecimento da Roda de Capoeira e do Ofício dos Mestres de Capoeira como patrimônios culturais do país. Para tanto, interpretações de mestres e praticantes envolvidos nos processos promovidos pelo IPHAN foram analisadas em diálogo com perspectivas de sujeitos que trabalham na instituição. Ao debate, foram acrescidas a historicidade de normas jurídicas e a análise de documentos que integram esse processo de formação de Estado. Observou-se que a patrimonialização da capoeira foi marcada pelo legado intelectualista e nacionalista da instituição federal responsável pela política patrimonial, o que gerou impasses posteriores na definição e no curso das ações pós-Registro. Tal situação demonstra a importância de reflexão e clareza quanto à dimensão e função políticas das práticas de preservação do patrimônio cultural promovidas pela entidade.

Palavras-chave: Patrimônio Imaterial; Salvaguarda; Capoeira

Título da Dissertação em inglês

 Senses and relationships around capoeira safeguard practices

Abstract: This dissertation deals with the question of what would be safeguarding capoeira and the contribution or the role of the National Historic and Artistic Heritage Institute (IPHAN) about it, after recognizing the Capoeira Circle and the Craft Masters of Capoeira as Brazil's cultural heritage. For this purpose, interpretations of masters and practitioners were involved in the processes promoted by IPHAN. They were analyzed in a dialogue with perspectives on the people who work in the institution. To the debate, the historicity of legal norms and the analysis of documents that integrate this process of state formation were added. It was observed that the patrimonialization of the capoeira was marked by the intellectualist and nationalist legacy of the federal institution responsible for the heritage policy, which later promoted some deadlocks in the definition and in the course of the post-registration actions. Such situation demonstrates the importance of reflection and clarity as to the political dimension and function of the practices of preservation of the cultural heritage promoted by this entity.

Keywords: Intangible Heritage; Safeguarding; Capoeira

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin