Costa do Descobrimento: Reservas da Mata Atlântica (BA/ES)

O título de Patrimônio Natural Mundial para a Reserva de Mata Atlântica da Costa do Descobrimento foi concedido pela Unesco, em 1º de dezembro de 1999, devido ao excepcional valor para a ciência e a preservação de ecossistemas de interesse universal. A região abriga os remanescentes mais preservados de Mata Atlântica do Nordeste do Brasil.

Em seus 112 mil hectares, a Costa do Descobrimento estende-se por doze municípios do Estado da Bahia e quatro no Espírito Santo, incluindo as áreas tampão, que têm a função de proteger os ecossistemas. Constitui-se de duas áreas separadas, uma ao norte do Espírito Santo, entre Regência e Conceição da Barra, e outra ao sul da Bahia, entre Prado e Una, abrangendo as respectivas áreas tampão, que tem a função de proteger as oito reservas núcleo desse sítio.

O trecho do município de Una (litoral sul da Bahia) até Linhares (norte do Espírito Santo) apresenta características diferenciadas do restante da zona costeira brasileira. Associadas ao seu valor paisagístico e cultural, essas peculiaridades tornam a região um importante sítio geológico-geomorfológico e cultural do Brasil. Recifes de coral e arenitos nas praias e lagunas contribuem para a beleza natural da região. A biodiversidade local caracteriza-se pela mistura de endemismos regionais de floresta Atlântica e Amazônica, sobretudo de aves e vegetais, sugerindo que possam ter existido galerias de conexão entre ambas. 

No relevo, podem ser observadas três formações distintas, que ocorrem em faixas paralelas ao oceano: cadeias de montanhas arredondadas; platôs que, ao se aproximarem do mar, formam penhascos de coloração branca ou avermelhada; e uma orla litorânea constituída por planícies arenosas. Os principais rios da região são, entre outros, o Jequitinhonha, o Caí, o Caraíva, o dos Frades, sendo que todos partem do Oeste em direção ao mar. 

Histórico - Nessa região, em 22 de abril de 1500, a esquadra de Cabral desembarcou pela primeira vez na costa brasileira, fato que lhe confere um caráter simbólico, pois ali foram escritas as primeiras páginas da história do Brasil. Na Costa do Descobrimento podem ser observadas marcas da primeira ocupação europeia no Brasil. Os centros históricos, localizados na área de entorno das reservas, constituem as primeiras formações urbanas da colonização portuguesa. Além das cidades de Porto Seguro, Vale Verde, Arraial D’Ajuda, Coroa Vermelha, Caraíva, Trancoso e Santa Cruz de Cabrália, são encontrados, na região, inúmeros sítios arqueológicos. Das nove aldeias jesuíticas fundadas no século XVI, ainda restam quatro, sendo que as demais foram dizimadas por ataques dos índios aimorés, nos séculos XVI e XVII.

Núcleos de patrimônio natural - As oito áreas-núcleo desse patrimônio natural são: a Reserva Biológica do Una, a Estação Ecológica de Vera Cruz, a Estação Experimental Pau-Brasil, o Parque Nacional Pau-Brasil, o Parque Nacional do Monte Pascoal, o Parque Nacional do Descobrimento, a Reserva Biológica de Sooretama e a Reserva Florestal de Linhares. Na área do Monte Pascoal – primeiro acidente geográfico observado pela esquadra cabralina – existem espécies raras de orquídeas, espécies de madeiras preciosas e animais ameaçados de extinção, como a ariranha. Junto às áreas protegidas, encontra-se uma reserva onde vivem atualmente os índios Pataxó, originários de outra região.

A Reserva do Una e o Parque do Descobrimento correspondem a áreas de floresta úmida, onde foram registradas mais de 800 espécies endêmicas da flora e da fauna. Das 152 espécies de aves ali registradas, 30% são consideradas raras. Entre os mamíferos, o mais conhecido é o mico-leão de- cara-dourada, ameaçado de extinção. A flora, por sua vez, abriga cerca de 460 espécies de árvores, entre as quais o pau-brasil, que deu origem ao nome do país.

A proteção e o controle nas áreas de reserva, nas estações biológicas e nos parques nacionais atingem diferentes níveis de preservação e uso, assim como englobam diversas figuras jurídicas de propriedade e administração. A Costa do Descobrimento configura-se como um sítio de grande importância histórica e cultural, associado a um conjunto de iniciativas voltadas para a proteção dos remanescentes da Mata Atlântica, um dos ecossistemas de maior biodiversidade do planeta.

Costa do Descobrimento (BA/ES)

  • Centro histórico de Porto Seguro
    O centro histórico de Porto Seguro abriga a antiga área administrativa, com edifícios religiosos e civis
  • Costa do Descobrimento
    Platôs e a faixa litorânea completam o relevo da Costa do Descobrimento
  • Monte Pascoal
    Cadeias de montanhas arredondadas, como o Monte Pascoal, integram o relevo da região
  • BA_Costa_do_Descobrimento
    Em Santa Cruz Cabrália (BA), o acervo paisagístico da Costa do Descobrimento foi tombada pelo Iphan, em 1984.
  • Porto Seguro (Costa do Descobrimento)
    O centro histórico de Porto Seguro (BA) é uma das primeiras formações urbanas da colonização portuguesa.
  • Costa do Descobrimento
    Na Costa do Descobrimento podem ser observadas marcas da primeira ocupação europeia no Brasil
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin