Livraria

  • Publicacoes_Caderno_Tematico_6

    Educação Patrimonial

    Educação Patrimonial: Práticas e Diálogos Interdisciplinares - Caderno Temático 6

    Casa do Patrimônio da Paraíba Edição: 6ª Páginas: 83

    A Superintendência do Iphan na Paraíba, por meio de sua Casa do Patrimônio, apresenta o 6º número da série dos Cadernos Temáticos de Educação Patrimonial: práticas e diálogos interdisciplinares.

    Nesta edição, o Caderno Temático traz diferentes olhares sobre a educação patrimonial a partir de distintas disciplinas, como Ciências Sociais, Engenharia, Urbanismo, História,  Museologia,  Design,  Arquivologia,  Arqueologia  e Arte. Ao trilhar esses caminhos, demonstra-se o quanto a educação patrimonial pode ser interdisciplinar e o quanto está inserida nos espaços de vida e no cotidiano das pessoas.

    Os trabalhos publicados neste número, resultado de um amplo processo de seleção, também têm em comum a sua estreita relação com os princípios e diretrizes conceituais da educação patrimonial reafirmados pelo Iphan no documento “Educação Patrimonial: histórico, conceitos e processos”.  Nas palavras desse documento, “é preciso considerar o patrimônio cultural como tema transversal, interdisciplinar e/ou transdiciplinar, ato essencial ao processo educativo para potencializar o uso dos espaços públicos e comunitários como espaços formativos”. As reflexões e as experiências relatadas carregam essa marca e demonstram, em seu conjunto, o potencial da educação patrimonial em estar presente nos distintos campos de estudo.

    Ao chegar ao seu sexto número, a série de Cadernos Temáticos já se consolida como uma referência no campo da educação patrimonial, sobretudo como uma publicação específica na área. Tornou-se material básico, servindo a pesquisadores e profissionais da educação nos estudos ou na atuação profissional.

     


  • Publicações_valongo

    Publicações Diversas - Arqueologia

    Sítio Arqueológico Cais do Valongo no Rio de Janeiro, Brasil

    Iphan/ Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Edição: 2016 Páginas: 11

     

    Publicação: Iphan

    Este documento contém a proposta de inscrição do Sítio Arqueológico Cais do Valongo na Lista do Patrimônio Mundial, encaminhada pelo Iphan e Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro a UNESCO. Ele tem importância não apenas para a história brasileira e, portanto, para a nossa vida como Nação, mas também para a história do mundo. O Cais do Valongo, situado na região portuária, zona central do município do Rio de Janeiro, foi um antigo cais de pedra construído no século XIX. Além do cais, durante mais de 50 anos, funcionou nessa área o mercado de escravos do Rio de Janeiro, onde estavam os depósitos e armazéns de escravos, o Cemitério dos Pretos Novos - que recebia os corpos daqueles que não resistiam às duras condições da travessia atlântica -, e o Lazareto da Gamboa, destinado à quarentena dos escravos doentes recém-chegados.

     


  • Publicacoes_PNPI_Capa_Vol2

    Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) - 2011 a 2015

    Rívia Ryker Bandeira de Alencar Edição: 2016 Páginas: 148

    O Programa Nacional do Patrimônio Imaterial  (PNPI) têm contribuído, ao longo desses anos, para o aprimoramento das práticas de gestão adotadas pelo Iphan e instituições parceiras. A mobilização de comunidades e instituições públicas e privadas promovida pelo editais PNPI para o desenvolvimento de ações de salvaguarda vem ampliando a coordenação de esforços entre Estado e sociedade, propagando as diretrizes do Programa. Estas inicaitivas contribuem, também, para a difusão da diversidade do patrimônio cultural imaterial do País divulgando metodologias e conhecimentos técnicos, especificamente aqueles associados a inventários e mapeamentos culturais. 


  • Publicacoes_Boletim_38

    Boletins do Iphan

    Boletim - SPHAN 38

    SPHAN e Fundação Nacional Pró-Memória Edição: novembro/dezembro de 1987 Páginas: 24

    A edição de novembro/dezembro de 1987 aborda a comemoração do tricentenário de fundação das Reduções Jesuíticas de São Miguel, São Nicolau e São Luiz Gonzaga, que contou com o projeto Missões 300 Anos, promovido pelo Ministério da Cultura através da SPHAN/Pró-Memória; a inclusão de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade, uma decisão tomada pelo Comitê do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO); o ano nacional do inventário na área do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; uma entrevista com Maurício Segall, diretor do Museu Lasar Segall (SP); o centenário de nascimento do compositor Villa-Lobos e o projeto de preservação história do Serviço Nacional de Teatro e Projeto Memória, do Instituto Nacional de Artes Cênicas. O Boletim traz, ainda, o artigo O Direito ao Passado, do Coordenador do Núcleo de Editoração da SPHAN/Pró-Memória e professor de Filosofia da UFRJ, José Américo Motta Pessanha, notícias e espaço para cartas dos leitores.


Registros encontrados: 86

Facebook Twitter Email Linkedin