Conjunto Histórico de Pelotas é reconhecido como Patrimônio Cultural

Charqueada São João, Pelotas (RS)

Fruto e testemunho único do ciclo econômico e cultural do charque, que ocorreu no Rio Grande do Sul, aproximadamente de 1800 a 1900, o Conjunto Histórico de Pelotas (RS) tem significativo valor histórico, urbanístico e artístico. Constituído por sete setores, o Conjunto pode ganhar o título de Patrimônio Cultural Brasileiro no próximo dia 15 de maio. Caso aprovado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, pode ser inscrito em dois Livros do Tombo: Livro do Tombo Histórico e o Livro do Tombo de Belas.

Praça Cipriano Barcelos, Pelotas (RS)Os Setores de Proteção correspondem às praças José Bonifácio, Coronel Pedro Osório, Piratinino de Almeida, Cipriano Barcelos e o Parque Dom Antônio Zattera, conjuntamente com a Charqueada São João e a Chácara da Baronesa. Juntos, apresentam valor histórico diretamente relacionado a, pelo menos, dois momentos de desenvolvimento econômico regional: o do charque (1800 a 1900) e o do início da industrialização (1900 a 1930). O valor artístico está presente nos remanescentes da arquitetura colonial luso-brasileira e da arquitetura eclética, especialmente no que diz respeito às composições de fachada e emprego de elementos decorativos, assim como pela qualidade dos elementos complementares e de acabamento. Já o valor urbanístico existe pela relação entre a regularidade do traçado urbano, com a presença de espaços públicos marcados pela intensa massa de vegetação, de equipamentos de abastecimento de água do século XIX e de esgotamento pluvial representativo do urbanismo sanitarista do início século XX.

Todos esses bens do Conjunto Histórico apresentam uma semelhança importante: compartilham uma história comum, em maior ou menor grau, relacionada com o ciclo do charque. Tal atividade, exemplificada pela Charqueada São João (1810), foi significativa a ponto de ter propiciado o surgimento e o crescimento urbano da Freguesia de São Francisco de Paula (1812), atual cidade de Pelotas. Da mesma forma, a riqueza do charque permitiu o desenvolvimento de uma arquitetura eclética de alta qualidade, com manifestações significativas que chegaram às duas primeiras décadas do século XX. Em seu tempo, a qualidade urbana e arquitetônica de Pelotas foi complementada e potencializada com ações pioneiras de embelezamento, abastecimento e saneamento urbanos, o que pode ser constatado pelo desenho das praças públicas, pelo conjunto de caixa d‘água e chafarizes do século XIX e pelo urbanismo sanitarista do início do século XX.

Charqueada São João, Pelotas (RS)A Charqueada de São João
Foi construída em 1810 por Antônio José Gonçalves Chaves, natural de Vila Verde do Ouro em Portugal.  Gonçalves Chaves se instalou no Rio Grande do Sul em 1805 para trabalhar como caixeiro, fazendo rápida fortuna, a ponto de dez anos mais tarde, ser considerado um dos homens mais ricos da província. Foi representante dos interesses da Vila de São Francisco de Paula na Câmara de Rio Grande, membro do Conselho Geral da Província (1828), vereador da primeira Câmara Municipal de Pelotas (1832), e membro da Assembleia Legislativa Provincial. Juntamente com Domingos José de Almeida, José Vieira Viana e Bernardino José Marques Canarim, importou dos Estados Unidos, em 1832, uma máquina à vapor que permitiu o estabelecimento da navegação entre Pelotas e Rio Grande.  Em 1837, durante a Revolução Farroupilha, estabeleceu uma charqueada em Montevidéu e, nesse mesmo ano faleceu vítima de um naufrágio.

A charqueada está localizada à margem direita do arroio de Pelotas e dela resta apenas a residência-sede e algumas ruínas da área de produção.  É uma residência térrea com pátio interno, formada a partir de ampliações sucessivas e que tem a forma retangular de 32.20 x 26.90 m. Em 1810, foi mandado construir uma primeira residência com cozinha em anexo. Em uma segunda etapa, teriam sido construídas as alas leste e sul, desenhando uma espécie de “C”, com pátio de serviço aberto ao centro. Por fim, em uma última ampliação serviu para fechar o pátio central, através da construção de um depósito. Ao contrário das outras residências de charqueadas, o interior mantém-se em ótimo estado de conservação. A fachada principal tem três portas e quatro janelas do tipo guilhotina.

 

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br
Fernanda Pereira – fernanda.pereira@iphan.gov.br
Yara Diniz – yara.diniz@iphan.gov.br
(61) 2024-5534 - 2024-5504
(61) 99381-7543
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Conjunto Histórico de Pelotas (RS)

  • RS_Pelotas_Praça_Cipriano_Barcelos
    Praça Cipriano Barcelos, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_Coronel_Osório
    Praça Coronel Osório, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Chácara _da_Baronesa
    Chácara da Baronesa, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_Coronel_Osório
    Praça Coronel Osório, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Charqueada
    Charqueada São João, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Charqueada
    Charqueada São João, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Charqueada
    Charqueada São João, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Charqueada
    Charqueada São João, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Charqueada
    Charqueada São João, Pelotas (RS)
  • RS_pelotas_Parque_Dom_Antônio_Zattera
    Parque Dom Antônio Zattera
  • RS_Pelotas_Parque_Dom_Antônio_Zattera
    Parque Dom Antônio Zattera
  • RS_Pelotas_Parque_Dom_Antônio_Zattera
    Parque Dom Antônio Zattera
  • RS_Pelotas_Parque_Dom_Antonio_Zattera
    Parque Dom Antônio Zattera
  • RS_Pelotas_Praça_José_de_Bonifácio
    Praça José de Bonifácio, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_José_de_Bonifácio
    Praça José de Bonifácio, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_José_de_Bonifácio
    Praça José de Bonifácio, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_José_de_Bonifácio
    Praça José de Bonifácio, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_Piratinino_de_Almeida
    Praça Piratinino de Almeida, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_Piratinino_de_Almeida
    Praça Piratinino de Almeida, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_Piratinino_de_Almeida
    Praça Piratinino de Almeida, Pelotas (RS)
  • RS_Pelotas_Praça_Piratinino_de_Almeida
    Praça Piratinino de Almeida, Pelotas (RS)
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin