Iguape (SP)

O conjunto histórico e paisagístico de Iguape foi tombado pelo Iphan, em 2011. É um patrimônio que apresenta diversas características formais do urbanismo português, como a localização e escolha do sítio e sua relação com o território, elementos estruturantes do traçado urbano, as estruturas de quarteirão e loteamento, além do papel importante das praças. Os bens tombados, no município, também representam o esforço do imigrante japonês em seu processo de adaptação ao território nacional, como ocorreu em Registro (distrito de Iguape).  

Sua arquitetura é uma mistura das técnicas construtivas brasileiras e orientais, e testemunho da origem, trajetória de vida, e trabalho do imigrante japonês, encontrados no Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo. As edificações (casas e sobrados de pedra e cal) remontam ao período da exploração aurífera no século XVI, das atividades ligadas à construção naval a partir de meados do século XVIII,  da cultura de arroz (século XIX) e do chá (século XX), diretamente vinculadas à imigração japonesa para a região. 

O centro histórico é o primeiro conjunto urbano do Estado de São Paulo a ser protegido pelo Iphan, como Paisagem Cultural. A cidade está localizada entre marcos geográficos importantes da região, como o Morro da Espia, o Canal do Valo Grande e o braço de mar chamado Mar Pequeno, que integram a área tombada e foram fundamentais na formação do núcleo urbano. Além do centro, também estão protegidos o antigo sistema portuário fluvial e marítimo, e diversas áreas da zona rural de Registro, marcos da imigração japonesa no Brasil. 

Iguape sofreu poucas alterações até ao início do século XX e possui o maior casario colonial preservado do Estado de São Paulo, com diversas casas, casarões e igrejas em vielas estreitas de paralelepípedos. Ricas em detalhes e em técnicas empregadas, como a taipa francesa e a de pilão, as edificações datam da época da mineração do ouro e da cultura do arroz, entre os séculos XVI e XIX, período em que foi construída a Casa de Fundição e quando a cidade viveu o auge de seu desenvolvimento econômico. 

Leia mais

História
Imigração Japonesa 
Monumentos e Espaços Públicos Tombados
Obras do PAC Cidade Históricas - Iguape (SP)

Iguape (SP)

  • SP_Iguape
    Iguape (SP)
  • SP_Iguape
    Iguape (SP)
  • SP_Iguape
    Iguape (SP)
  • SP_Iguape
    Iguape (SP)
  • SP_Iguape
    Iguape (SP)
  • SP_Iguape
    Iguape (SP)
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin