Reservas do Cerrado: Parques Nacionais da Chapada dos Veadeiros e das Emas (GO)

O Parque Nacional Chapada dos Veadeiros no bioma Cerrado, em Goiás, foi declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, em 2001.
O Parque Nacional das Emas representa uma das mais importantes unidades de conservação do bioma cerrado
Declarado Patrimônio Mundial Natural, em 2001, o Parque Nacional das Emas está na divisa de Goiás com Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
 

Os parques nacionais da Chapada dos Veadeiros e das Emas foram declarados Patrimônio Mundial Natural pela Unesco, em 2001. As duas regiões são áreas protegidas do cerrado brasileiro, um dos ecossistemas tropicais mais antigos e diversificado do mundo. Por milênios, esses locais têm servido de refúgio para várias espécies durante os períodos de mudanças climáticas e será vital para a manutenção da biodiversidade da região do cerrado durante futuras flutuações climáticas.

Parques Nacionais da Chapada dos Veadeiros e das Emas (GO)

  • GO_PARNA_Chapada_dos_Veadeiros
    O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, assim como o das Emas, é um dos ecossistemas tropicais mais antigos e diversificados do mundo
  • GO_PARNA_Chapada_dos_Veadeiros
    A região abriga diversas formações vegetais, rochas com mais de um bilhão de anos e cânions de até 300 metros de altura
  • GO_PARNA_Chapada_dos_Veadeiros
    Os rios que cortam o parque formam corredeiras encaixadas, quedas d’água e poços profundos
  • GO_PARNA_Chapada_dos_Veadeiros
    O veado-campeiro está entre os mamíferos da região ameaçados de extinção
  • GO_PARNA_das_Emas
    O Parque Nacional das Emas representa uma das mais importantes unidades de conservação do bioma cerrado
  • GO_PARNA_das_Emas
    O Parque Nacional das Emas constitui uma ‘ilha’ de cerrados preservados imersa em uma área predominantemente agrícola
  • GO_PARNA_das_Emas
    O parque é atravessado por rios de algumas das principais bacias hidrográficas do Brasil
  • GO_PARNA_das_Emas_Rio_Formoso
    O rio Formoso é um dos principais responsáveis pela drenagem do Parque
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin