Conjunto Moderno da Pampulha - Belo Horizonte (MG)

O Conjunto Moderno da Pampulha, situado em uma das regiões mais tradicionais de Belo Horizonte (MG), recebeu o título de Patrimônio Mundial durante a 40ª Reunião do Comitê do Patrimônio Mundial, que aconteceu em Istambul (Turquia), no dia 16 de julho de 2016. A Pampulha é o primeiro bem cultural a receber o título de Paisagem Cultural do Patrimônio Moderno. O Iphan tombou todo o Conjunto, em 1997. Para a UNESCO, representa uma obra-prima do gênio criativo humano, e o próprio Oscar Niemeyer o considerou uma de suas obras mais importantes. 

A candidatura, idealizada desde 1996 com a inclusão do Conjunto na Lista Indicativa do Brasil, concretizou-se somente em 2014, quando foi entregue ao Iphan o Dossiê de Inscrição na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, na tipologia Patrimônio Moderno. O Iphan favoreceu a constituição dos comitês técnico, estratégico e gestor, envolvendo diferentes atores de interesse em âmbito municipal e estadual, do setor público e da sociedade civil. 

Concebido como uma obra de arte total, integrando as peças artísticas aos edifícios e estes à paisagem, nele estão as quatro primeiras obras assinadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer, projetadas na década de 1940. Inspirado nas concepções do suíço Le Corbusier (pseudônimo de Charles-Edouard Jeanneret-Gris), criador dos Cinco Pontos da Nova Arquitetura – planta livre, fachada livre, pilotis, terraço jardim e janelas em fita –, Niemeyer planejou os edifícios e incorporou ao projeto a influência moderna. 

Formado por uma paisagem que agrega quatro edifícios articulados em torno do espelho d’água de um lago urbano artificial, é composto pela Igreja de São Francisco de Assis, o Cassino (atual Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte) e o Iate Golfe Clube (Iate Tênis Clube), bens construídos entre 1942 e 1943, e inaugurado na gestão do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitscheck. Completam esse patrimônio cultural os painéis em azulejos criados por Candido Portinari, esculturas de artistas renomados como Alfredo Ceschiatti e José Alves Pedrosa, e os jardins planejados pelo paisagista Roberto Burle Marx.

Burle Marx teve como influência os ideais do resgate da identidade nacional e as vanguardas europeias das artes. Segundo seus próprios depoimentos, o seu contato com a riqueza da flora brasileira em jardins botânicos de Berlim (Alemanha) o fez compreender como seria importante resgatar espécimes nativas nos jardins do país. Comparados a telas de pintura, seus jardins se transformam com o passar dos anos, criando novas e livres maneiras de combinação cromáticas e harmonias entre espécimes.

A área que abriga o Conjunto era parte de uma antiga fazenda, responsável pelo abastecimento agrícola de Belo Horizonte. Loteada e urbanizada na década de 1940, tornou-se um empreendimento modernizador que atraiu a atenção de intelectuais e artistas por promover uma interação entre arquitetura, artes plásticas e paisagismo. Suas formas curvas e as qualidades plásticas do concreto armado materializaram um momento histórico para a arte e a arquitetura. Nessa época, ocorreu, no Brasil, uma intensa produção cultural com novas linguagens de expressão arquitetônica, impulsionada pelas ideias revolucionárias e vanguardistas do modernismo, que influenciou as gerações posteriores.

Igreja São Francisco de Assis - Tombada pelo Iphan em 1947, destacou-se como o primeiro monumento moderno a receber proteção federal no país. Nesse projeto, Niemeyer se apropriou de elementos regionais da cultura religiosa. Distante dos elementos sacros tradicionais, permaneceu fechada por vários anos e, somente em 1959, o pequeno templo pode ser aberto à comunidade.

Cassino da Pampulha - O local ofereceu à cidade um luxuoso espaço de lazer e de shows, sua divisão interna estabelecia um ambiente de jogos e pista de dança, além de um restaurante. Começou a funcionar em 1942, antes mesmo da inauguração oficial do complexo. Manteve seu uso original até 1946, quando foram proibidos os jogos no Brasil. Em 1957, o edifício foi transformado no Museu de Arte da Pampulha, uso que permanece até hoje.

Casa do Baile - Projetada para ser um restaurante dançante de funcionamento diário - tipo de lazer público até então inexistente em Belo Horizonte – e concebida para atrair também as classes populares à Pampulha, começou a funcionar em 1942, antes da inauguração oficial do Conjunto. Fechada em 1954 - devido ao rompimento da barragem – e reaberta esporadicamente para alguns eventos, desde 1986 abriga o anexo do Museu de Arte da Pampulha. Entre outras mudanças, após obras de restauração realizadas em 2002, no local está instalado o Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e Design.

Iate Golfe Clube - Uma de suas funções era difundir a prática de esportes náuticos em Belo Horizonte, como o remo e a vela. Seus associados podiam desfrutar dessas atividades, realizadas na lagoa, e utilizar as piscinas, quadras e salões de festas. Desde 1961, com a venda para a iniciativa privada, é a sede do Iate Tênis Clube.

Dossiê de Candidatura do Conjunto Moderno da Pampulha
Livreto Conjunto Moderno da Pampulha 

Conjunto Moderno da Pampulha (MG)

  • MG_Pampulha_Fachada_e_Jardins_do_Museu_de_Arte
    Fachada e jardins do Museu de Arte da Pampulha
  • MG_Pampulha_Igreja_de_Sao_Francisco_de_Assis
    Igreja de São Francisco de Assis vista da lagoa
  • MG_Pampulha_interior_Igreja_Sao_Francisco
    Interior da Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco_de_Assis
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco_de_Assis
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Museu_de_Arte
    Museu de Arte, na Pampulha, Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco_de_Assis
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Museu_de_Arte
    Escultura em bronze "Pampulha", do artista José Pedrosa, em frente ao Museu de Arte na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Casa_de_Baile
    Casa de Baile, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Casa_de_Baile
    Casa do Baile, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Iate_Tenis_Clube
    Iate Tênis Clube. na Pampulha. em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Pampulha
    Vista do lago da Pampulha
  • MG_Pampulha_Casa_Kubitschek
    Fachada principal da casa do Juscelino Kubitschek.
  • MG_Pampulha_Casa_Kubitschek
    Casa Juscelino Kubitschek.
  • MG_Pampulha_Museu_de_Arte
    Museu de Arte, na Pampulha, visto da lagoa.
  • MG_Pampulha_Museu_de_Arte
    Museu de Arte, na Pampulha, Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Museu_de_Arte
    Museu de Arte, na Pampulha, Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Museu_de_Arte
    Museu de Arte, na Pampulha, Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco
    Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Igreja_Sao_Francisco
    Interior da Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Casa_do_Baile
    Casa do Baile, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Casa_do_Baile
    Casa do Baile, na Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • MG_Pampulha_Lagoa
    Lagoa na década de 40.
  • MG_Pampulha_Iate_Clube
    Iate Tênis Clube. na Pampulha. em Belo Horizonte (MG) visto a partir da lagoa
  • MG_Pampulha_Iate_Clube
    Vista aérea atual do Iate Tênis Clube. na Pampulha. em Belo Horizonte (MG)
Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin