Publicações

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Patrimônio Cultural Imaterial: Para Saber Mais - Cartilha 3 - Salvaguarda da Roda de Capoeira e do Ofício dos Mestres de Capoeira

    Autor: Iphan Edição: 2017 Páginas: 40

    O objetivo desta publicação é divulgar diretrizes para a salvaguarda da Roda de Capoeira e do Ofício dos Mestres de Capoeira, bens culturais reconhecidos como Patrimônio
    Cultural do Brasil desde 2008.

    As ações de salvaguarda são instrumentos integrantes do macroprocesso Apoio e Fomento, que em conjunto com os macroprocessos Identificação e Reconhecimento, conformam o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI).

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Patrimônio Cultural Imaterial: Para Saber Mais - Cartilha 2 - Salvaguarda de Bens Registrados Patrimônio Cultural do Brasil

    Autor: Iphan Edição: 2017 Páginas: 40

    Nesta cartilha é apresentada a forma como o Iphan vem atuando com os bens culturais reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil, os chamados Bens Registrados. Mais especificamente, serão detalhadas as diretrizes, demonstrados os procedimentos e descritos os eixos de ação que conformam a atuação institucional.

    Seu objetivo principal é demonstrar como o Iphan, por meio da execução de ações de apoio e fomento, em conjunto com a sociedade civil e instituições parceiras, realiza a salvaguarda de bens Registrados.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Patrimônio Cultural Imaterial: Para Saber Mais

    Autor: Natália Guerra Brayner Edição: 2009 Páginas: 32

    Publicação: IPHAN

    Esta publicação apresenta as diretrizes e instrumentos que norteiam e tornam possíveis as atividades de identificação, registro e salvaguarda do patrimônio imaterial. O IPHAN pretende, também, promover uma reflexão crítica sobre essa política, de forma que todos os leitores percebam a importância da contribuição de cada um de nós, por meio da criatividade e do diálogo permanente, para o aperfeiçoamento dessas estratégias, instrumentos de salvaguarda e sua adequação aos contextos específicos de cada bem cultural.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Os Sambas, As Rodas, Os Bumbas, Os Meus e os Bois (2003 – 2010) - 2ª Edição

    Autor: Rogério Menezes Edição: 2010 Páginas: 122

    Complementação e atualização do texto: Maria Cecília Londres Fonseca 
    Publicação: IPHAN

    Esta publicação informa sobre os fundamentos e instrumentos da política de salvaguarda e da dimensão imaterial do Patrimônio Cultural Brasileiro, e presta contas dos resultados e desafios enfrentados. Com base na percepção da necessidade de diferentes estratégias de preservação para essas duas dimensões do patrimônio cultural foi possível buscar formas de salvaguarda adequadas à especificidade dos bens culturais imateriais. Essa adequação tem importantes implicações sociais, políticas e culturais, e vem atender à demanda por reconhecimento das “formas de expressão e dos modos de criar, fazer e viver” como patrimônio cultural brasileiro. A identificação dos bens culturais imateriais passíveis de integrar o patrimônio cultural brasileiro reconhecido pelo poder público deve ter como requisito, conforme determina a Constituição de 1988, sua “relevância para a memória, a identidade e a formação da sociedade brasileira”.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Os Sambas, As Rodas, Os Bumbas, Os Meus e os Bois (1936-2006) - 1ª Edição

    Autor: Rogério Menezes Edição: 2006 Páginas: 36

    Colaboração: Altair Ribeiro e Priscilla Motta Branco
    Publicação: IPHAN

    Esta publicação informa sobre os fundamentos e instrumentos da política de salvaguarda e da dimensão imaterial do Patrimônio Cultural Brasileiro, e presta contas dos resultados e desafios enfrentados. Aspectos e gestos essenciais da nossa vida cotidiana que, com muitos outros, são objeto das políticas de preservação cultural. Os bens culturais imateriais - jongos, violas, círios e ofícios, e muitos outros - são bens vivos mantidos pelas pessoas que os praticam. Preservá-los é valorizar seu conhecimento e ação, e a salvaguarda desses bens está orientada para a valorização do ser humano, a garantia e a melhoria das condições sociais, culturais e ambientais que permitem sua permanência.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Registro do Patrimônio Imaterial - 4ª Edição

    Autor: Márcia G. de Sant´Anna Edição: 2006 Páginas: 140

    Publicação: Iphan/MinC

    Este trabalho apresenta o dossiê final das atividades da Comissão e Grupo de Trabalho Patrimônio Imaterial realizadas a partir da vigência do Decreto 3.551, de 4 de agosto de 2000, que instituiu o Registro dos Bens Culturais de Natureza Imaterial e criou o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI). Divulga conceituações e re-conceituações que visam à ampliação das visões da cultura, do fazer cultural, do patrimônio e de nossas heranças culturais. Trata da construção e cultivo de uma noção sempre mais abrangente, mais realista, menos exclusivista e excludente do que sejam as heranças culturais brasileiras. Aponta para a inclusão, em nesse universo, não apenas de prédios, monumentos, marcos materiais, mas, também, das inumeráveis formas expressivas que têm sido geradas ao longo dos séculos e prossegue produzindo, rotineira e cotidianamente, nos dias de hoje.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Prêmio Teatro de Bonecos Popular do Nordeste

    Autor: Departamento de Patrimônio Imaterial Edição: 2016 Páginas: 80

    O Brasil é o único país das Américas que apresenta um patrimônio com feitio de tradição teatral encenada com bonecos e realizada por artistas populares. Artistas estes que pela vultuosidade de sua atuação são reconhecidos como mestres. Embora o mestre bonequeiro seja o protagonista desta forma de expressão, a performance nunca é solitária: por detrás de suas toldas, os bonecos ganham alma e personalidade em suas mãos e também se tornam protagonistas da cena, demonstrando a intrínseca relação entre bonequeiro e boneco e o modo como a “brincadeira” é, na verdade, uma devoção.

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) - Volume I - 2005 a 2010

    Autor: Rívia Ryker Bandeira de Alencar Edição: 2016 Páginas: 140

    O Edital do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) é um dos instrumentos fundamentais para o alinhamento da atuação das esferas pública e privada nas ações de salvaguarda do patrimônio cultural imaterial. O objetivo é a promoção e a valorização e, sobretudo, a transmissão dos saberes relacionados às práticas culturais trabalhadas nos projetos. Os produtos gerados são distribuídos para as comunidades e grupos detentores dos bens culturais, além de bibliotecas públicas, escolas, entre outras instituições, visando uma ampla divulgação de informações sobre esses bens. Ao longo dos anos, os mais variados grupos sociais, em diversas localidades brasileiras, foram beneficiados pelos editais do PNPI. 

     

  • Patrimônio Imaterial - Títulos Diversos

    Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) - Volume II - 2011 a 2015

    Autor: Rívia Ryker Bandeira de Alencar Edição: 2016 Páginas: 148

    O Programa Nacional do Patrimônio Imaterial  (PNPI) têm contribuído, ao longo desses anos, para o aprimoramento das práticas de gestão adotadas pelo Iphan e instituições parceiras. A mobilização de comunidades e instituições públicas e privadas promovida pelo editais PNPI para o desenvolvimento de ações de salvaguarda vem ampliando a coordenação de esforços entre Estado e sociedade, propagando as diretrizes do Programa. Estas inicaitivas contribuem, também, para a difusão da diversidade do patrimônio cultural imaterial do País divulgando metodologias e conhecimentos técnicos, especificamente aqueles associados a inventários e mapeamentos culturais. 

  • Textos Especializados

    Convenção da Salvaguarda do Patrimônio Imaterial

    Autor: Unesco Edição: 2003 Páginas: 18

     

     

     

Registros encontrados: 21

Compartilhar
Facebook Twitter Email Linkedin